Chamamos de coincidência quando ocorrem dois ou mais Acontecimentos não previstos. Esse eventos podem acontecer ao acaso ou em simultaneamente, mas que aparentam ter algo em comum. A maioria deles não está sob nosso controle e, por isso, pode nos surpreender.

Provavelmente já deve ter acontecido isso com você, ou com alguém que conhece. Pode acontecer, por exemplo, de falar a mesma coisa ao mesmo tempo, vestir algo igual a outra pessoa e coincidências de outras diversas maneiras.

Mas existem algumas que acontecem de uma forma tão surpreendente [VIDEO] que acabam sendo históricas pela magnitude do acontecimento. Neste artigo, vamos citar cinco deles que são para lá de estranhas e impressionantes.

Confira [VIDEO]:

1) O livro de infância: Anne Parrish estava passeando entre as livrarias de Paris, em 1920. Ela encontrou um livro que a fez lembrar-se de sua infância. Anne, então, resolveu levá-lo para mostrar ao seu marido. O livro era Jack Frost and Other Stories.

Ao folheá-lo, ela ficou surpresa: em uma das primeiras páginas havia algo escrito “Anne Parrish, 209 N. Weber Street, Colorado Springs”. Incrivelmente, aquelas palavras haviam sido escritas por ela, quando ainda era pequena. Ou seja, o livro já havia disso dela. Incrível, não é?

2) Coincidência no jogo: Em 1858, Robert Fallon foi um jogador de pôquer imbatível. Assassinado, por muito tempo ninguém tomou seu lugar. Mas, um tempo depois, alguém apareceu superando a marca de Robert. Quando a polícia esteve na casa dele para ressarcir a família, acabou descobrindo que o jovem que havia superado Robert era na verdade seu filho, que há mais de sete anos já não tinha contato com a família.

3) Sósias: uma noite qualquer, o Rei Umberto I saiu para jantar com seu ajudante, o general Emilio Ponziavaglia, na cidade de Monza, Itália. Tudo parecia normal até que um homem chegou para servi-lo. Surpreendentemente, esse homem era a cara do rei.

Mas as coincidências não pararam por aí. Durante as conversas, descobriu-se que ambos haviam nascido no mesmo dia, 14 de março de 1844. Eles também tinham se casado com mulheres do mesmo nome, Margherita.

E não parou por aí. A coroação do Rei aconteceu no mesmo dia em que o restaurante inaugurou. Muitos anos depois, no dia 29 de julho de 1900, o rei foi informado que seu sósia havia morrido durante um tiroteio. Ele, então, resolveu ir prestar suas condolência a família, mas acabou sendo morto por um anarquista naquele mesmo dia.

4) Dupla coincidência: essa história é de causar calafrios. Um homem chamado Joseph Figlock caminhava pelas ruas em Detroit (EUA), em 1930, quando um bebê caiu de uma janela diretamente em seus braços. O bebê nada sofreu.

Mas, um ano depois, algo estranho voltou acontecer. Caminhando pela mesma rua, o mesmo bebê caiu novamente da janela em seus braços e novamente nada sofreu.

5) A bala que não foi perdida: um jovem chamado Henry Ziegland havia prometido casamento a uma bela moça, quando repentinamente decidiu não mais casar-se. Muito triste e desolada, ela acabou cometendo suicídio. Seu irmão, muito revoltado, foi atrás de Henry Ziegland para vingar-se e durante uma perseguição, acabou o ferindo a tiro. Porém, a bala passou de raspão no rosto de Henry e parou em um tronco de uma árvore.

Anos depois, Ziegland resolveu cortar uma árvore, que coincidentemente era a mesma que estava a bala que o atingiu de raspão. Como a árvore era muito grande, ele resolveu usar explosivos. Mas, ao fazer isso, a bala que estava na árvore acabou sendo disparada em sua direção, atingindo-o na cabeça. Henry Ziegland morreu ali mesmo. Parece que a vingança não se esqueceu dele.