No mundo de hoje onde a intolerância muitas vezes confronta a razão, acabamos por não percebermos que assuntos polêmicos como a homossexualidade pode estar bem próximo de nossa rotina do dia a dia, atingindo o seu bichinho de estimação! No mundo animal esse assunto polêmico é tratado de forma pouco divulgada, mas o fato é que existem várias espécies animais que possuem sua orientação sexual muito diferente do convencional!

Por que isso acontece?

Segundo o Dr. Paul Vasey, que é professor do Departamento de Psicologia da Universidade de Lethbridge no Canadá, e que realizou estudos aprofundados sobre o tema, esse comportamento em certas espécies de animais, acontece devido muitas espécies em sua juventude se confundem com a necessidade de reproduzir e acabam se confundindo com os odores que são lançados pelos machos e fêmeas e acabam tendo relação sexual tanto com os machos quanto com as fêmeas, mas logo que aprendem a reconhecer a diferença do cheiro de um para outro acabam procurando somente as fêmeas.

É o que ocorre com uma espécie de machos de moscas das frutas que no começo de suas vidas acabam tendo que se acasalar tanto com os machos quanto com as fêmeas até aprender a reconhecer a diferença pelo cheiro de cada um. Mas outras espécies apresentem uma preferência por membros do mesmo sexo, que é o caso do albatroz de laysan, que vivem no arquipélago americano do Havaí, as aves fêmeas dessa espécie não só preferem se relacionar com outras fêmeas como também ficam juntas por toda a vida em certos casos, e como não fosse suficiente elas cuidam de filhotes de pais machos que já estão em um casamento comum com outra fêmea e acabam pulando a cerca para acasalar com uma ou ambas as fêmeas do casal de mesmo sexo, é uma verdadeira festa!.

Há também o caso dos golfinhos que apesar dos machos apresentarem uma certa preferência de acasalar com outros machos, eles acabam também acasalando com fêmeas para reproduzirem.

Quais as espécies que possuem uma maior tendência homossexual?

Uma espécie conhecida por suas preferências sexuais pouco casuais são os chipanzés Bonobos, onde tanto os machos quanto as fêmeas apresentam comportamentos homossexuais durante sua vida e utilizam essa tendência socialmente dentro do grupo, usando o sexo para se aproximarem de membros dominantes do grupo assim recebendo mais status.

Outra espécie conhecida por essas preferências são os carneiros domesticados, que, segundo estudos, 8% desses carneiros possuem total convicção de sua preferência por outros machos do grupo e assim permanecem por toda vida assumindo 100% de sua homossexualidade, a única espécie que alcança e supera essa convicção é a espécie humana.

Portanto nesse mundo de intolerâncias, vamos exercitar nossa tolerância tendo a consciência que a homossexualidade é uma característica da natureza que pode ocorrer em todas as espécies, até mesmo com nosso bichinho de estimação que tanto amamos!