O sexo [VIDEO]está relacionado à Saúde sexual e também psicológica. O que muitas pessoas nem imaginam é que a maneira como elas se comportam na cama diz muito sobre elas. De acordo com o consultor Paulo Sergio de Camargo, o corpo fala muito sobre a gente. Ele, que lançou o livro 'Linguagem Corporal: Técnicas para Aprimorar Relacionamentos Pessoais e Profissionais", diz que o comportamento na hora íntima pode afetar o dia como um todo. Ao lado da sexóloga Iracema Teixeira, eles traçaram algumas das posições sexuais mais comuns na cama do brasileiro e falaram sobre o comportamento no momento íntimo delas.

Entenda a relação das posições sexuais no momento íntimo e a sua relação psicológica

1 - Quando um dos dois está por cima - Os consultores, que conversaram com o UOL sobre o assunto, negam que quando o parceiro está por cima ele busque apenas dominação.

Pelo contrário, quem faz isso, de acordo com eles, está demonstrando o seu lado de afeto, amor, por isso, quer ver o parceiro. A troca de olhares, de acordo com a sexóloga Iracema Teixeira, melhora o sexo, pois possibilita saber como o outro está se comportando.

2 - De bruços ou de quatro - Essa é a posição que mostra menos afeto e que vê o outro como uma espécie apenas de objeto sexual. Ela pode ser interessante para o erotismo, já que se consegue o máximo em torno disso, mas não é trocado muito afeto. É preciso ter cuidado também para os iniciantes, já que, em alguns casos, a prática pode ser um pouco dolorosa. Quem gosta dessa posição, de acordo com os analistas consultados pelo UOL, mostra querer ser dominado na vida.

3 - De conchinha - Quem gosta de ficar com o parceiro nessa posição mostra querer sempre o aconchego, pois assim consegue sempre estar abraçado com o outro.

Os sexólogos consultados mostram que quem curte o ato, no geral, mostra uma certa preguiça para a transa e não quer se cansar tanto. Essa é uma posição mais comum em idades avançadas ou com pessoas mais gordinhas. Apesar dela não cansar tanto, a sexóloga consultada diz que nesse instante também existe erotismo e que isso é importante na relação.

4 - Em pé - Essa é uma das posições que tem mais risco. Por isso, quem a escolhe, no geral, demonstra ter um grande espírito aventureiro e que quer descobrir coisas novas. A posição também pode mostrar certo egoísmo, já que não inclui muitas preliminares. Por não tê-las, a pessoa pode ter dificuldade no desenrolar da relação.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante.