O Desenho Animado é algo que faz parte da vida de muitas pessoas, e especialmente na infância e adolescência, eles ganham um cantinho muito especial e marcante na memória afetiva. Tudo isso constrói a trajetória de uma vida, eternizam épocas em que a fantasia fazia parte de um mundo único [VIDEO], repleto de encantos e aventuras, que todos carregarão até o último dia de suas vidas.

Por trás de toda esse mundo colorido de formas curiosas e enredo surreal, estão desenhistas, animadores, roteiristas, produtores e toda uma equipe dedicada [VIDEO] a levar ao telespectador sua arte original.

Foi nos anos 80 que começaram a surgir personagens icônicos da animação [VIDEO], alguns se tornaram clássicos, como por exemplo: "Doug Funnie" e sua cadelinha Costelinha, os mais que fofíssimos "Ursinhos Carinhosos" com suas nuvens de algodão-doce, desta época ainda tem os "Garotos Perdidos", "Meu Querido Pônei", "Scooby-Doo", "Capitão Planeta", "Cavaleiros do Zodíaco" e muitos outros.

Em meados da década de 90, uma outra leva de desenhos veio surgindo, com um novo formato e linguagem, onde personagens muito esquisitos conquistavam fãs por todo mundo, alguns bons exemplos foram: "O Fantástico Mundo de Bobby", "Os Anjinhos", "Animaniacs" e "Dragon Ball Z".

Uma década a mais depois, e tudo isso teve uma mudança ainda mais significativa, pois com o auxílio da tecnologia, mega produções modernas, ricas em cenários e movimentos com a modalidade da animação em 3D. Com isso foi possível chegar a resultados fantásticos, e alguns deles vieram como filmes, que lotaram os cinemas e bateram recordes de bilheterias em todo planeta. Nomes como "O Rei Leão", "A Bela e a Fera", "Kung Fu Panda", "A Era do Gelo", "Shrek, Angry Birds", "A Vida Secreta dos Bichos" e "Bob Esponja", se tornaram grandes marcos desta nova roupagem dos desenhos.

Quando um desdes personagens faz sucesso, logo podemos conseguir uma miniatura deles em pelúcia, plástico ou látex em uma loja de brinquedos infantis. E acredite, não se trata apenas de crianças, pois muito adultos que são colecionadores, também ficam de olho para conseguir uma peça numerada para sua nobre e divertida coleção.

Mas a grande questão é: você já imaginou ver seu ídolo na animação ou dos quadrinhos na forma humana? Um artista plástico levou isso muito a sério, e conseguiu um feito até então jamais visto dentro desta temática. Astkhik Rakimova deu características marcantes o suficiente para que fossem imediatamente reconhecidos, e você verá a seguir o resultado brilhante deste trabalho, confira: