Muitas mulheres se sentem protegidas de uma gravidez [VIDEO]indesejada ou não programada por usarem métodos contraceptivos, mas mesmo tomando todos os tipos de cuidados, algumas são pegas de surpresa.

Existem maneiras inesperadas que podem deixar uma mulher grávida [VIDEO] e que a maioria desconhece, conheçam algumas delas na matéria abaixo:

1- Introduzir um objeto que teve contato com o esperma

Esta é uma maneira surpreendente e parece impossível, mas pode acontecer, mesmo com chances bem pequenas. Os espermatozóides permanecem vivos e ativos por cerca de 20 minutos e se neste período de tempo a mulher introduzir algum objeto que teve contato com o esperma, ele tem a chance de fecundar.

São mínimas as chances de isso acontecer, mas é melhor tomar cuidado.

2- Engravidar mesmo sem penetração

Algumas mulheres acreditam que se o homem não ejacular dentro da vagina, elas não correm risco de engravidar. Esta forma de pensar esta errada, a ejaculação na área próxima a vagina, pode fazer com que os espermatozóides consigam chegar até o canal vaginal e desta forma fecundar o óvulo.

Da mesma forma que a primeira, as chances são mínimas de isso acontecer, mas o importante é sempre se cuidar e ter consciência que até mesmo o sexo anal sem preservativo, pode engravidar, basta alguns espermatozóides conseguirem chegar ao canal vaginal. A dica é sempre usar preservativos.

3- Mulher que fez laqueadura não engravida

As mulheres fazer a cirurgia de laqueadura para ficarem estéreis. A laqueadura impede a passagem dos espermatozóides até o óvulo, impossibilitando assim a fecundação do mesmo.

Segundo a medicina, este é o método mais confiável e seguro da mulher não engravidar, mas vale lembrar que nada é impossível ou irreversível. Muitas mulheres já engravidaram após terem se submetido à cirurgia de laqueadura, é muito raro de isso acontecer.

De acordo com médicos especializados neste tipo de cirurgia, isso pode acontecer porque as estruturas do canal vaginal até o útero que é rompido na laqueadura pode voltar a se conectar e isso faz com que a mulher possa voltar a reproduzir novamente.

4- Ter relações com um homem que fez vasectomia

Da mesma forma que a mulher que faz laqueadura pode voltar a gerar uma criança, um homem que fez vasectomia pode voltar a ser apto a reproduzir. A verdade é que não existe nenhum método 100% seguro para uma pessoa se tornar estéril.

No caso do homem que fez uma vasectomia é fazer exames médicos com frequência, para verificar a quantidade de espermatozóides. Vale lembrar que nos primeiros meses após a cirurgia, as chances de o homem continuar reproduzindo ainda são muito grandes.