Muitas dessas crianças que iremos relacionar abaixo, deixaram o mundo chocado por causa de suas condições e vidas.

Elas são crianças que acabaram se tornando famosas, mas que nem ao menos sabem o que é fama.

Tão pequenas e ao mesmo tempo passando por provações que talvez um adulto não suportaria, elas entraram para a história por sua força e perseverança.

Confira [VIDEO] abaixo algumas delas:

1) Anne Frank: no dia 31 de março de 1945, uma jovem garotinha, chamada Anne Frank, de apenas 15 anos, morria de tifo e subnutrição. Mas, mesmo partindo tão jovem, ela seria lembrada para sempre. Sua história tornou-se um diário contado por ela durante os meses em que ela e sua família se esconderam por 25 meses em um pequeno sótão que recebeu o nome de Anexo Secreto, em Amsterdã.

Dia após dia, a jovem, que sonhava em ser jornalista, relatou todos os sofrimentos que viveu naquele pequeno sótão, e, mais tarde, seu diário pessoal tornou-se um dos livros mais vendidos, chegando a ser traduzido em 68 línguas. Um verdadeiro testamento do sofrimento e vidas perdidas daquela época.

2) Malala Yousafzai: a jovem, de apenas 15 anos, sofreu um atentado ao sair da escola no dia 2 de outubro de 2012. Escolhida por ser autora de um blog chamado 'Diário de uma estudante paquistanesa', ela falava sobre suas vontade de viver de uma forma melhor. De poder estudar em outro país, e todo sofrimento pelo qual ela e outras mulheres [VIDEO] passavam pelo simples fato de terem nascido mulheres. Ela sobreviveu ao ataque, e mais tarde tornou-se símbolo da causa da 'educação feminina no mundo'.

Os melhores vídeos do dia

3) Adora Svitak: com apenas 6 anos de idade, a pequena ganhou um notebook de seus pais, e começou então a escrever Histórias. Ao todo, ela escreveu 300 pequenos textos, que acabaram sendo publicados com incentivo de seus pais. Seu sucesso foi imediato. Com apenas 12 anos, ela já dava diversas palestras em centenas de escolas, incentivando as crianças à leitura e à escrita. Em 2010, em uma palestra no TED, ela foi aplaudida de pé, ao dizer: 'nós crianças ainda sonhamos com perfeição'.

4) Samantha Smith: uma garotinha comum, resolveu escrever uma carta para o líder soviético Yuri Andropov, em 1982. Sua carta iniciava-se dizendo que sua preocupação era de que a Rússia e os Estados Unidos entrassem em guerra nuclear. Suas palavras finais diziam: 'Deus fez o mundo para vivermos juntos, não para brigarmos'. Aquela carta acabou sendo publicada em um jornal russo, chamado 'Pravda' e ao receber uma resposta de Andropov, ela acabou virando porta-voz instantânea das crianças que lutam pela paz mundial, considerada 'A Mais Jovem Embaixadora dos EUA'.

5) Ardi Rizal: o pequeno menino chocou o mundo em uma reportagem. Ele foi encontrado em uma vila remota da Indonésia, fumando cigarros com apenas 2 anos de idade. Ao todo, ele fumava cerca de 40 cigarros por dia, e acabou comovendo o mundo. Sua luta para deixar o cigarro não foi fácil. Ele acabou trocando o hábito de fumar por comer, e isso acabou fazendo com que ele ganhasse peso. Ele chamou atenção do mundo e entrou para um programa governamental de reabilitação, e também incentivou o governo da Indonésia a criar um programa que ajudasse as crianças a lidar com problemas de outras que passavam pelo mesmo hábito. Hoje, ele está curado do vício, e através de uma dieta também conseguiu perder boa parte do peso que ganhou.