Tracey Cox, especialista em relações sexuais e relacionamentos, elaborou uma lista de coisas que as mulheres fazem durante o sexo e que os homens não suportam. Normalmente, os homens acreditam que são mais as coisas ‘’erradas’’ que eles fazem na cama e que desagradam as mulheres [VIDEO].

Porém, na opinião dessa especialista, isso não é totalmente verdade e são várias as coisas que eles não toleram e que elas fazem o tempo todo durante as situações mais íntimas. Confira a lista:

1 - Sugerir assistir filme erótico, mas depois criticar sua reação

Muitas homens gostam de assistir filme adulto e até com alguma regularidade. As mulheres sabem disso e algumas até sugerem que eles assistam junto com elas.

O problema é que depois, elas ficam incomodadas que eles fiquem demasiado atentos na tela e esqueçam que sua namorada está ali do seu lado, ou até quando ficam mais entusiasmados com o filme do que com a própria companheira.

Tracey aconselha que as mulheres não tomem isso como rejeição pessoal e que percebam que esse é uma reação normal nos homens.

2 – Faz muito barulho e outros podem escutar

Alguns gemidos não incomodam ninguém. Porém, "gritar e brincar como se estivesse sendo sufocada por um travesseiro", pode ser assustador e embaraçoso para muitos homens. Tudo isso se agrava quando há mais pessoas em casa, como amigos, pais ou filhos. Os homens não gostam que as mulheres exagerem nos gemidos.

3 - Se deitar e ficar imóvel

Permitir a relação não é tudo o que um homem precisa. Eles não gostam que as mulheres fiquem somente deitadas e sem fazerem mais nada, deixando entender que estão fazendo isso por eles, e que nem estão muito interessadas.

Todos os homens agradecem um pouco mais de colaboração de sua Mulher.

4 - O problema do xixi antes do sexo

Os homens não dispensam o sexo oral, mas agradecem um pouco mais de higiene. A especialista Tracey contou o caso pessoal de um amigo que reclamava que sua namorada ia no banheiro antes do sexo, fazia xixi, mas não se lavava em seguida, deixando ele sem vontade para iniciar sua relação íntima.

5 - Arranhar suas costas

Nos filmes, cravar suas unhas nas costas dele pode parecer a maior demonstração de excitação, desejo e descontrole. No entanto, na realidade, isso magoa e parece exagero. Eles não gostam, definitivamente.

6 - Luz apagada

Muitas mulheres são inseguras com seus corpos e tentam se esconder sob os lençóis ou então de luz apagada. No entanto, ao final de alguns meses, não é aconselhável que isso aconteça. Tracey diz que as mulheres devem se sentir confortáveis com seu próprio corpo, assumindo seus defeitos e aparecendo nuas na frente dos seus parceiros. Esconder não é solução e eles não gostam.

7 - Ficar só na posição missionária

As mulheres preferem o missionário por muitas razões. Algumas boas, por ser mais comum e favorecer o contato visual com o parceiro, mas outras não são tão boas assim. Por exemplo, porque escondem mais o corpo e precisam se esforçar menos. Tracey desaconselha essa rotina, dizendo que se já não é fácil manter a pessoa interessada durante toda a vida, mais difícil se torna fazendo sempre a mesma coisa.

8 - Dizer a ele quando ter o orgasmo

Na opinião da especialista, isso nunca teria uma boa interpretação para os homens. Dizer para ele aguentar um pouco mais, ele vai ficar pensando que não pode terminar tão rápido, arriscando ficar paranoico. Por outro lado, se diz para ele terminar já, ele fica pensando que ela não está gostando e que agradece que ele se apresse e termine rápido.

9 - Roupa sem graça

Muitos homens reclamam por verem as mulheres todas arrumadas [VIDEO] para o trabalho, mas desleixadas para ficarem em casa. Não significa que elas precisem de andar de salto e vestido sexy em casa, mas nos momentos mais íntimos, eles se sentem mais atraídos se notarem que elas estão mais atraentes para eles.

10 - Concordar, mas depois agir desinteressada

O sexo é suposto ser prazeroso para os dois. Quando não é, algo vai mal e nada melhor do que falarem os dois sobre o assunto. Por isso, muitos homens reclamam que após a relação ficam se sentindo como se estivessem devendo alguma coisa para a parceira, como se ela tivesse feito um favor para ele.