A pregação do Evangelho de Jesus Cristo [VIDEO] nunca foi uma tarefa fácil. Conforme o próprio Jesus disse, no Evangelho de São João [VIDEO]16:33, que no mundo seus seguidores terão aflições, mas é para terem bom ânimo, porque Ele venceu o mundo. Dando a entender que através da fé em Jesus, os cristão também vencerá as lutas. De igual modo no Livro de Apocalipse [VIDEO] no capítulo 2 e versículo 10, traz a palavra que o cristão deve não deve temer as perseguições mas deve ser perseverante na fé . De modo que o cristão deve viver em fidelidade aos mandamento de Cristo até na hora da morte, para alcançar a coroa da vida eterna. Nada temas das coisas que hás de padecer".

No último dia (27), o portal de noticias Gospel Prime trouxe uma matéria reportando o testemunho de um pastor indiano pregador do evangelho de Jesus.

O pastor Jatya, residente no sul da Índia, tem provas documentais que confirmam as perseguições sofridas por professar sua fé cristã. Os velhos jornais recortados que já estão amarelados dentro de um envelope descorado mostram que as perseguições sofridas por ele, devido pregar o evangelho de Jesus em um país onde a maioria hinduista.

No ano de 1992, a polícia deu ordem para que Jatya não divulgasse os ensinamentos sobre Cristo em sua aldeia. No momento que ele se recusou, todos os seus dedos foram quebrados pela polícia. Três anos após ter sido torturado, ele foi agredido e detido por uma semana sem motivo nenhum. Depois, em outra época, um de seus vizinhos hindu em posse de uma corrente de bicicleta deferiu golpes no pastor.

Os melhores vídeos do dia

Em todas as épocas que ele foi perseguido e maltratado, sua resposta não mudou: retornar às ruas segurando sua Bíblia, divulgando e promovendo as Boas Novas de Salvação de Cristo.

Há pouco tempo, Jatya ensinou a respeito de Jesus para um rapaz em sua aldeia. De repente um aglomerado de hindus radicalistas ficou muitos irritados, o cercaram e espancaram até ele perder praticamente sua consciência, quase desfalecendo.

Também num relatório pulicado pela obra missionaria A Voz dos Mártires, ele amenizou o grau da agressão sofrida, mas ressaltou dizendo que o mais relevante é que o jovem se converteu e hoje é um cristão.

O Pastor indiano afirmou que espera que futuramente consiga encontrar os malfeitores que o perseguiram, torturaram por pregar a o evangelho de Cristo para eles.

O líder religioso, ao ser questionado se ele tem medo de passar por perseguições futuras, mencionou a segunda carta de Paulo aos Timóteo capitulo 1 e versículo 7, onde esta escrito: “Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação”.

Ainda ressaltou dizendo que quer servir e viver a vida dele por Jesus até seu último suspiro.