Celulites, estrias e varizes são coisas que assustam muitas mulheres. Muitas se sentem tão envergonhadas que não gostam de compartilhar fotos do seu próprio corpo. Mas, claro, existem aquelas que não ficam constrangidas em mostrar o seu corpo natural e tentar mudar o conceito em meio a uma sociedade manipulada.

Uma modelo plus size resolveu compartilhar uma fotografia de sua celulite em um post no Instagram e honestamente ela admitiu que se sentiu "brava" quando viu pela primeira vez a foto. Sophie Turner, de Edimburgo, postou um toque instantâneo de uma sessão de fotos que mostra as covinhas claramente visíveis em sua coxa e claro, gerou comentários nas redes sociais.

A jovem modelo, de 22 anos, descreveu em seu post como ela ainda estava "aprendendo a amar" sua celulite, exortando as mulheres a parar de ver isso como algo nojento ou feio. Ela passou a explicar como ela teve celulite desde a idade de 12 anos, e teve que aprender a amar o próprio corpo, mas não é fácil diz ela.

Alguns usuários da rede social reagiram rapidamente a sua postagem, agradecendo a Sophie por compartilhar a imagem. Um escreveu: "Que celulite? Tudo que estou vendo é uma mulher bonita", enquanto outro acrescentou: "Estou tão feliz que você publicou isso ... [porque] finalmente é uma foto com a qual eu posso me identificar!".

Enquanto isso, um seguidor acrescentou: "Isso é realmente sexy.

Eu amo todas as suas "falhas", é real, e isso a torna ainda mais sexy. Na postagem, Sophie explicou como ela estava "brava" quando viu pela primeira vez a imagem tirada durante uma sessão de fotos por causa de sua celulite.

No entanto, a modelo diz que ela percebeu que ela tem que mudar sua mentalidade, e explicou: "Foi em minha mente, mas por que deveria?

Eu sou mais do que a celulite. Eu sou mais do que isso tudo, isso é natural. É natural para nós mulheres ter celulite e precisamos parar de ver isso como algo nojento e horrível. Sim, todos queremos pele suave, mas também precisamos aceitar a realidade! Eu tenho celulite desde que eu tinha cerca de 12 anos, o que é normal.

Depois de viver com algo por uma década, tudo está além de ser eu!", desabafa a modelo.

Ela terminou o post escrevendo: "E ainda estou aprendendo a amar e não odiar, é uma estrada lenta para aprender a ter amor próprio, mas é a melhor coisa que você pode fazer pela sua confiança e Saúde mental".

Sophie é uma importante defensora da positividade do corpo e compartilhou outras fotografias que mostram suas "imperfeições". Em uma postagem, compartilhada em julho, ela escreveu: "Eu tenho celulite, tenho cicatrizes de quando eu estava deprimida e eu tenho muitas marcas na minha barriga e nas minhas costas. Estou tão orgulhosa de mim mesma por poder compartilhar fotos assim com vocês e não sentir vergonha!".

Veja a foto abaixo.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!