Caso você não queira passar dias [VIDEO] lendo o livro, que tem mais de mil páginas, separamos alguns pontos sobre a obra, aspectos perturbadores dignos do mestre do horror, Stephen King. Caso não se importe com spoilers, pode continuar a leitura para ir ver o filme já preparado psicologicamente.

1 – Stephen escreveu sob efeito de drogas

Em primeiro lugar [VIDEO], é necessário dizer que o livro foi lançado em 1986, época em que o autor, o americano Stephen King, estava lutando contra as drogas, principalmente bebidas e até mesmo cocaína.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Seriados

Costumava sujar a máquina de escrever com sangue que pingava do nariz, e foi nessa loucura que o livro foi escrito, o que explica bastante coisa. Existe até livros que ele não lembra de ter escrito, tamanha a sua confusão.

2 – A Coisa aprece em outras obras do autor

Existem personagens, como na série “A Torre Negra”, que também vai ganhar um filme esse ano, onde filhos da A Coisa podem ter aparecido, segundo alguns fãs. Pois o monstro, na história, vem do espaço e pode ter vários filhos que, ao contrário do que se pode entender do final, onde os ovos postos pela criatura são destruídos, podem ter sobrevivido aos eventos que encerram o livro.

3 – Crianças fazendo sexo?

Você não leu errado, essa passagem descrita no livro provavelmente não irá aparecer nas telonas, mas existe no livro, e é perturbadora. Como o livro se passa em duas fases, quando os protagonistas são crianças e quando já são adultos, na parte em que eles são crianças, eles vencem a Coisa pela primeira vez. Porém, após o confronto, eles não conseguem voltar para casa, perdidos no esgoto.

Então a menininha do grupo, com apenas onze anos, afirma que a única maneira deles ficarem juntos é fazendo sexo, e todos perdem suas virgindades, um a um. Após essa cena polêmica, um deles lembra do caminho.

4 – Clube dos Otários contra A Coisa

O grupo de amigos, que se denomina Clube dos Otários, travam uma verdadeira batalha mental com o palhaço Pennywise. Para enfrentar o monstro, eles fazem um ritual, em que eles devem fazer A Coisa sorrir, e assim poder atacar. Como o palhaço se alimenta do medo, a arma deles é justamente o contrário, e usando a força da imaginação, eles conseguem ferir A Coisa, somente por acreditar que conseguiriam. E eles, principalmente Bill, conseguem vencer o inimigo usando o tratamento que fez contra a gagueira. Quando crianças, eles ferem o monstro dessa forma, e do mesmo jeito conseguem matá-la quando adultos.

5 – A Coisa é a cidade inteira

A cidade de Derry, onde se passa a obra, foi planejada pelo monstro de maneira a facilitar que ela devorasse as suas vítimas, e também a poder possuir pessoas, além de atraí-las. Não há como fugir, ela está em todo o lugar da cidade, e sabe de quase tudo o que acontece.