Bem verdade que todo ano ouvimos a respeito de teorias relacionadas ao final dos tempos, ou o apocalipse relatado na Bíblia Sagrada. São diversos adivinhadores tentando prever o dia do fim dessa terra. Entretanto, dependendo da sua idade, você já deve ter sobrevivido a alguns "fins do mundo", não é mesmo? Isso porque as "profecias" proclamadas por aí nunca se cumpriram.

Segundo a Bíblia Sagrada, o mundo em que vivemos será extinto algum dia, todavia o livro sagrado apesar de detalhar como será a destruição, não diz a data em que está marcado para acabar. Dessa forma, diversas teorias surgem todos os anos a respeito do dia da destruição, como objetivo de adivinhar qual será a data que este mundo sucumbirá.

Conheça a teoria que tem preocupado algumas pessoas

A teoria consiste em afirmar que um planeta de nome Nibiru [VIDEO], ou também chamado de planeta X irá colidir com a Terra e provocar a extinção da raça humana. De acordo com os defensores da tese de que o mundo irá acabar neste sábado (23), a profecia tem relação com o número 33 que aparece em algumas passagens bíblicas. Resultando assim, em uma teoria de que o número 33 representa a quantidade de dias entre 21 de agosto, quando aconteceu o último eclipse (o que representaria o presságio), e o dia da colisão do planeta nibiru com a Terra.

Nibiru outra vez o causador do fim do mundo

Entretanto, esse mesmo planeta já teve a missão de destruir a Terra no ano de 2012, na época circulava na internet a profecia de Fim do mundo dos povos Maia, em que o calendário daquela civilização chegava ao fim, representando o fim do mundo em que vivemos.

Essa profecia recebeu tanto destaque que foi feito até um filme relacionado ao assunto, e que acabou se tornando bastante popular. Todavia, na época um especialista da Nasa desmentiu a possível catástrofe com o planeta Nibiru e, como de praxe, o planeta mais uma vez resistiu ao fim do mundo.

Crescimento da internet e a infestação de boatos

Com a popularização da internet e o crescimento do YouTube, abriu-se o caminho para propagação de teorias sem fundamentos científicos, aterrorizando muitos daqueles que acreditam em qualquer informação passada.

Entretanto, não são somente as teorias de fim de mundo que circulam na internet, várias lendas já foram criadas desde um homem de braço e pernas cumpridos e sem rosto a pessoas que se diziam viajantes do tempo. Entretanto todo esse alvoroço não passa de uma farsa.