Muitas pessoas têm algumas fantasias para realizar e uma das mais comuns é fazer sexo no chuveiro. O que parece prazeroso e simples, pode se tornar uma aventura bastante desagradável.

Em entrevista ao portal Self, a terapeuta e sexóloga Timaree Schmit comentou sobre os perigos que podem acontecer na realização deste fetiche ou fantasia. Segundo Schmit, o ideal seria os casais pensarem nos perigos que podem existir nesta simples prática sexual. Confiram alguns deles abaixo:

1- O chão fica escorregadio

Geralmente os banheiros são feitos com pisos normais, raramente são antiderrapantes e por este motivo, quando estão molhados o risco da pessoa escorregar e cair é muito grande.

A dica é colocar um tapete de borracha no box e o casal possa ficar em uma posição estável no solo, aconselhou a terapeuta.

2- Falta de lubrificação

A terapeuta sexual Karen Stewart disse em uma matéria para a revista Prevention que a água acaba com a lubrificação natural que o corpo produz e que desta forma o sexo pode ficar mais incomodo e difícil para a grande maioria das mulheres.

3- Preservativos escorregadios

De acordo com a terapeuta sexual Louanne Cole Weston, da revista Men's Health, os preservativos perdem a elasticidade quando entram em contato com a água e por isso podem sair com mais facilidade, a única forma disso não acontecer, seria o homem molhar o corpo e evitar que a água caia nas partes íntimas, o que seria praticamente impossível no chuveiro.

4- Podem acontecer lesões sérias

Cair no chão do banheiro, não é o único risco que as pessoas correm por ter uma relação sexual no chuveiro.

Por ser um ambiente pequeno na maioria das casas, o espaço é limitado e dependendo da posição, pode dar câibra.

Existem alguns outros riscos graves que podem acontecer, dependendo do ângulo escolhido ou da posição do casal, podem acontecer torções nas costas, joelhos, ombros e até mesmo fraturas no pênis.

De acordo com sexólogos e terapeutas sexuais o ideal seria os casais não embarcarem nesta aventura e não fazer sexo no chuveiro. O ideal é deixar o chuveiro para tomar banho junto, namorar, trocar carícias, mas deixar a relação sexual para um local seguro, seco e confortável.

Um pouco de aventura é ótimo para o relacionamento, mas tomar alguns cuidados é importante. O casal tem que ter consciência das vantagens e desvantagens de fazer sexo em locais que não são tão comuns para não vivenciarem uma experiência ruim.

De acordo com a terapeuta Timaree Schmit, a posição mais indicada para quem deseja tentar esta aventura é a cavalgada. Nesta posição, o homem estaria seguro e ainda conseguiria proteger a mulher.