É um exercício de raciocínio extremamente difícil imaginar como seria o mundo sem alguns adventos da era moderna como: o cinema, o telefone e a luz elétrica. Porém, vários destes inventos, que hoje circundam nossas vidas em quase todos os aspectos, por pouco não ficaram perdidos no passado. Se não fossem o entusiasmo e a persistência de seus idealizadores, talvez, hoje, ainda estivéssemos vivendo a famigerada Idade das Trevas, onde a tecnologia ainda não fazia parte do cotidiano das pessoas.

Neste artigo estão listadas cinco destas ideias que, antes de transformarem o mundo, não eram palatáveis ao grande público, e não foram tão populares entre os “especialistas” de suas respectivas áreas; estes mostraram ceticismo, descrença e total falta de interesse com relação a algumas ideias visionárias que surgiram nos últimos séculos.

Publicidade

1 - Fonógrafo

Projetado em 1877 pelo inventor norte-americano Thomas Edison (1847-1931), o aparelho servia para a gravação e reprodução de sons utilizando um cilindro e uma agulha. Um diafragma no final de um cone de cobre captava as vibrações sonoras do ambiente e as gravava num cilindro metálico por intermédio de uma agulha. O fonógrafo também possuía o atributo de reproduzir as ondas sonoras gravadas com fidelidade jamais vista. Contudo, o fonógrafo ainda sofreu duras críticas como: “É totalmente impossível que os nobres órgãos da fala humana sejam substituídos por um insensível e ignóbil metal”, disse Jean Boillaud, da Academia Francesa de Ciências em 1878.

2 - Cinema

Auguste Lumière fez uma previsão cética e um tanto equivocada com relação ao próprio invento: “O cinema será encarado por algum tempo como uma curiosidade científica, mas não tem futuro comercial”. Hoje, Hollywood movimenta cerca de onze bilhões de dólares ao ano.

3 - Rock

Morreu há alguns meses, o rockeiro Chuck Berry. Já tendo ultrapassado a sétima década de sua carreira, foi um dos pioneiros do estilo musical que nasceu após a segunda grande guerra, e que era uma mistura de outros estilos musicais mais populares na época.

Publicidade

Hoje, é o estilo de musica mais ouvido no mundo. Porém, em março de 1956, a famosa revista Variety ousou fazer uma previsão a respeito: “Até julho sai de moda”.

4 - Telefone

Durante a Exibição Internacional Centenária, que aconteceu na Filadélfia em 1876, o estande de Alexander Graham Bell permanecia vazio, em meio a vários estandes com inventos inéditos, e sem a atenção do público. Eis que um homem entusiasmado com o que viu naquele infame estande exclamou: “Meu Deus, isto fala!”. O homem era o nosso Dom Pedro II; a invenção, um aparelho chamado telefone. Depois disso, o mundo nunca mais foi o mesmo.

5 - Luz elétrica

Mais uma vez, o inventor Thomas Edison, em 1879, surpreendeu quando apresentou um filamento incandescente de tungstênio dentro de uma ampola de vidro. Chamou o invento de luz elétrica. No entanto, não foi bem aceito pelo cientista Erasmus Wilson, da Universidade de Oxford, que afirmou: “Quando a Exposição de Paris se encerrar, ninguém mais ouvirá falar em luz elétrica”.