Embora muitas pessoas não consigam viver sem tomar banhos e cuidar de toda a sua higiene pessoal, nem todos possuem as mesmas práticas saudáveis que traduzem em uma saúde em dia. Algumas pessoas esquecem que a falta de cuidados com o corpo pode gerar doenças, e em casos extremos, cirurgias que jamais poderão reconstruir alguma parte do corpo que foi perdida.

Uma das imagens mais icônicas na internet mostrava o que a falta de cuidados de higiene podia fazer com alguém que tinha larvas depositadas em feridas expostas.

Publicidade
Publicidade

Chamada de calcanhar de maracujá, a imagem causou horror em milhares de internautas, que em tempos de internet discada sempre recorriam à imagem medonha para deixar alguém com pavor ao ver as larvas dentro do calcanhar de uma mulher. Mas além desse caso, muitas pessoas acabam perdendo partes importantes do corpo por falta de cuidados, e um número assombroso de homens perde os seus membros anualmente por falta de limpeza no Brasil.

Câncer peniano pode aparecer por falta de higiene no local

A falta de cuidados com o membro masculino poderá fazer com que a pessoa desenvolva Câncer peniano após o aparecimento de uma ferida no local em que a higienização nunca é realizada ou é feita com pouca frequência.

Homens tem problemas por falta de higiene
Homens tem problemas por falta de higiene

Cerca de mil homens precisam fazer a cirurgia para remoção de seu membro todos os anos no Brasil, e grande parte desses casos se desenvolveu após a falta de higiene com as partes íntimas.

Mil brasileiros passam pelo drama de terem que amputar os seus membros todos os anos

É difícil de acreditar que isso ainda aconteça atualmente, mas algumas pessoas não se dão conta de que o acúmulo de sujeira pode desenvolver um câncer em uma região tão sensível do corpo humano.

Publicidade

O câncer geralmente aparece no estágio final da falta de cuidado com o membro peniano, que precisa ser amputado após apresentar um desenvolvimento incurável de feridas e é um assunto preocupante entre os homens, onde a saúde preventiva ainda é considerada um tabu. Enquanto 16 milhões de mulheres procuram ir ao ginecologista anualmente no Brasil, apenas dois milhões deles procuram um especialista médico todos os anos.

Câncer peniano é considerado raro em comparação aos demais tipos

Embora o câncer peniano seja o motivo de mil amputações anuais em todo o Brasil, a doença é considerada rara, e atinge apenas 2% entre todos os tipos de pacientes registrados com este tipo de enfermidade.

Geralmente são homens pobres e humildes que apresentam falta de higiene peniana, e também aqueles que não realizaram a cirurgia de circuncisão, sendo que a maioria desse tipo de câncer só acontece após a falta de higiene no local.

Leia tudo e assista ao vídeo