Famoso pela criação de um livro que explica mais sobre o suposto ‘’Planeta X’’, também conhecido como Nibiru, o numerólogo David Meade [VIDEO] virou notícia no final de setembro, quando disse que o mundo acabaria no dia 23.

No entanto, como a data passou e o mundo não acabou, ele se viu obrigado a refazer seus cálculos a fim de conseguir comprovar a sua teoria.

Previsão baseada em números

Segundo Meade, no dia 23 o planeta Nibiru acabaria colidindo com a Terra, o que causaria o Fim do mundo. No entanto, ele já tem uma nova data para esse acontecimento: 15 de outubro, ou seja, daqui dez dias. ‘’Agora vai’’, teria dito o profissional, em inglês, é claro!

O argumento de Meade para explicar a sua falha na previsão do fim do mundo foi de que ‘’o dia 23 foi o início de uma série de eventos catastróficos que marcariam o início do fim de tudo’’, não o próprio fim em si.

Esses eventos, segundo ele, levarão à extinção da humanidade.

No entanto, segundo a teoria antiga de Meade, o início do fim supostamente teria ocorrido no dia 21 de agosto, data do eclipse solar que pôde ser observado dos Estados Unidos. Segundo ele, a sombra projetada no Sol era de Nibiru e indicava que o planeta estava se aproximando cada vez mais da órbita terrestre.

Nota da Nasa

Em 2012, Meade também foi um dos responsáveis por divulgar a teoria apocalíptica realizada pelos Maias há muito tempo. A agitação causada pela notícia, na época, foi tanta que a própria agência espacial dos Estados Unidos, a Nasa, teve que lançar uma nota desmentindo a previsão.

No mesmo ano, foi lançado o filme ‘’2012’’, que tratava justamente sobre o assunto, dizendo que, segundo previsões antigas, o mundo estaria fadado a acabar em 21 de dezembro daquele ano.

Outros fins do mundo

Assim como David [VIDEO], muitas pessoas já tentaram descobrir a data correta do apocalipse. No entanto, nenhuma delas realmente conseguiu obter algum sucesso. As teorias do fim do mundo acontecem, no mínimo, desde o século 18, sendo as mais atuais as da virada de 1999 para 2000, a de 11 de novembro de 2011 e a de dezembro de 2012.

Por conta de tantas tentativas de previsão, atualmente tais notícias são recebidas pelo público com um ar de brincadeira e viram até memes nas redes sociais. A Nasa também tem se mantido atenta para, sempre que possível, acalmar a população.

Por conta dessas previsões, muitas pessoas realmente buscam se preparar para o fim da humanidade, estocando comida, construindo casas subterrâneas e buscando várias formas de sobreviver.