Quando o relacionamento está indo bem é comum o casal pensar em morar junto, um passo importante e que torna o relacionamento sério em uma união estável. Analisar alguns fatores pode ajudar o casal a ter uma previsão do que esperar dessa união. Conversar sobre o futuro, analisar as expectativas e, por fim, decidir dar um passo à frente no relacionamento.

Confira agora 11 questões que devem ser pensadas antes de juntar as escovas de dente:

1 - Resolver conflitos

Saber como será resolvido os conflitos ajuda a prevenir enormes dores de cabeça, conversar sobre o assunto com o par é fundamental.

2 - Filhos

Se o casal pretende ter filhos, deve-se fazer um planejamento financeiro e emocional, além de organizar e discutir qual vai ser o papel de ambos na criação da criança.

3 - Relacionamentos antigos

Saber se o par teve relacionamentos sérios anteriores a união pode ajudar a detectar possíveis falhas do parceiro. Por isso, é importante conversar de forma aberta e sem preconceitos sobre experiências em outros relacionamentos.

4 - Religião

Um casal formado por indivíduos com crenças diferentes pode resultar em muita briga e discórdia. Conversar previamente sobre o assunto com o par é a melhor solução.

5 - Dívidas

Ter em mente como vai ser a administração das dívidas pode evitar muitas polêmicas referentes ao dinheiro. É essencial ter essa conversa com o par.

6 - Ciúmes

O período de tempo ao lado do par vai aumentar e com isso a necessidade de vida social vai ser uma realidade para ambos. Aceitar que o par saia com amigos sem ter crises de ciúmes será obrigatório.

7 - Familiares

Os familiares constantemente visitarão o casal. Se um dos dois não se der bem com a família do outro [VIDEO], pode ser um problema.

8 - Divisão de tarefas

Deixar claro quem vai exercer determinadas tarefas pode passar mais segurança ao casal. Não ter uma conversar sobre esse tema pode resultar em desentendimentos.

9 - Tolerância

Ambos têm que ter em mente os defeitos que o par tem e saber sobre o nível de tolerância que cada um possui. Muitos cometem o erro de pensar que vão mudar o companheiro. Ter consciência sobre esses defeitos pode ajudar o casal a ter mais tolerância.

10 - Relações íntimas

No início do relacionamento, a disposição para ter relações íntimas de ambos está em alta, mas, com o tempo, tende a ter uma baixa. Ter uma conversa realista sobre o que esperar da relação íntima [VIDEO] depois da união vai tirar dúvidas e poupar desentendimentos pós-união.

11 - Futuro

É importante que ambos se perguntarem sobre o que deseja alcançar como casal, quais serão as realizações [VIDEO] de ambos e se imaginam o relacionamento após 10, 15 ou até mesmo 20 anos.