De acordo com pesquisas realizadas pela terapeuta da ONG britânica ‘Relate’, Martin Burrow, existem algumas explicações que falam sobre os motivos pelos quais algumas pessoas, mesmo em um Relacionamento feliz, sentem desejos sexuais por outras. De acordo com a pesquisadora, a infidelidade não é uma questão que atinge somente os casais infelizes que tomam os problemas como um dos principais motivos para se sentirem atraídos por outras pessoas. Segundo a pesquisadora, isso também acontece naquelas relações onde pessoas vivem felizes em seus relacionamentos amorosos, sejam eles casamentos, noivados ou namoros. [VIDEO]

Para Martin, mesmo pessoas que vivem relacionamentos, de maneira geral, bons podem ceder à tentação de pular a cerca.

Ela mostra uma pesquisa realizada recentemente para comprovar tal afirmação. Estatísticas revelam que cerca de 20% das pessoas adultas da Inglaterra já revelaram que cederam à tentação da carne e acabaram se relacionando intimamente com outras pessoas [VIDEO], já 30% disseram que se sentiram atraídos por outra pessoa, mesmo estando casados e sendo felizes, no entanto, não chegaram ao ato concreto, de fato. [VIDEO]

O desejo sexual nunca é sem motivo

“Se uma pessoa tem tendência a ser infiel, ela o será, por mais que possa estar satisfeita no relacionamento”, diz Sarah Ryan, diretora da Simantov International, que é uma agência de casamentos.

De acordo com as pesquisadoras, a revelação da pesquisa pode abalar algumas pessoas, no entanto, de acordo com as especialistas, o desejo sexual da pessoal comprometida por outra nunca é sem motivo.

As pesquisadoras explicam que sempre existe uma razão que justifique o desejo sexual de comprometidos por outras pessoas, seja elas física, psicológica, instintiva, vindas de problemas ou não.

Pesquisadoras elencam alguns motivos

As pesquisadoras ainda elencaram alguns prováveis motivos para que o interesse sexual da pessoa comprometida aconteça, dentre elas se destacam a incerteza sobre a própria vida, a busca por saber se está com a pessoa certa, o instinto carnal, a falta de amor, a ‘normalidade’ de que, na linguagem dos infiéis, homens se atraem por mulheres e mulheres por homem, como algo normal de acontecer, mesmo estando comprometidos, o tédio, a infelicidade e, junto a tudo isso, a oportunidade.

Por último, as pesquisadoras contam que no atual momento da humanidade, a oportunidade das pessoas terem um ‘casinho’ ficou ainda mais fácil, por conta dos aplicativos de mensagem instantânea e a tecnologia. As cientistas contam que para quem não concorda com tais atitudes, o melhor a fazer é conversar sobre a relação sempre, a boa conversa, para quem não quer terminar o relacionamento feliz, é a última opção.