3

Estamos na véspera do Natal, uma das épocas do ano mais aguardadas. Não somente pelas crianças, mas adultos do mundo inteiro esperam por essa data tão importante que, no calendário cristão, celebra o nascimento de Jesus Cristo. Ao pensarmos em Natal não tem como não lembrar dele: o papai noel. Apesar de se comemorar o nascimento de Cristo, não dá para negar que o "bom velhinho" também chama bastante atenção nessa data festiva.

No Brasil, é comum vermos nessa época do ano casas enfeitadas com luzes de pisca, árvores de Natal, além de vários tipos diferentes de ornamentações que ajudam aumentar a magia dessa época. Para a criançada, é tudo muito mágico, pois para elas significa a chegada do Papai Noel, com um saco cheio de presentes para aqueles que se comportaram bem o ano inteiro.

Já para os adultos, trata-se de uma época para se reunir com a família, reencontrar os parentes distantes, além de poder celebrar o dia do nascimento de Jesus Cristo, figura mais importante do cristianismo.

No entanto, nem todos os países comemoram o Natal nesse estilo. Uma figura para lá de bizarra [VIDEO] tem rondado pela internet sendo apresentado como o "Anti-Noel". Ele seria uma espécie de "Papai Noel do mal", que ao invés de distribuir presentes para as crianças que se comportaram bem, ele puniria aquelas que se comportaram mal o ano inteiro. Seu nome é Krampus, uma figura macabra, com chifres, metade bode e a outra demônio.

Afinal, o que relata a lenda de Krampus?

A lenda diz que Krampus aparece todos os anos no período natalino para castigar as crianças que se comportaram mal [VIDEO] durante o ano.

A criatura captura a criança e a chicoteia, para logo depois colocá-las em um cesto que carrega nas costas. Existem relatos na lenda que ele chega a devorá-las em algumas ocasiões. Ainda de acordo com o mito, ele só aparece nesta época do ano, uma vez que só retornará novamente no próximo Natal.

Bastante celebrado na Áustria, Itália e Alemanha

Na Áustria, antes do dia 6 de dezembro - dia de São Nicolau, santo que deu origem ao Papai Noel -, é celebrado uma passeata em homenagem a Krampus, onde vários "seguidores" se fantasiam da criatura e saem às ruas com sinos assustando adultos e crianças. O sinos são em alusão a Krampus, que de acordo com a lenda, carregava um sino no pescoço para anunciar sua chegada.

Em algumas cidades da Itália e da Alemanha também é celebrado o Natal dessa maneira. Porém, a data é celebrada nas vésperas do Natal. Na América do Norte também é possível encontrar celebrações semelhantes nos Estados Unidos. Existe até um filme chamado "Krampus: O terror do Natal", onde a criatura começa a assustar um garoto que começa a perder o interesse pela comemoração de Natal