Não é só de um grande amor que um Relacionamento sobrevive. Coisas essenciais como respeito, paciência e principalmente saber lidar com as diferenças de seu parceiro também ajudam, e muito. Mas na ânsia de não cometer erros para que se possa ter uma relação que dure muitos anos, várias mulheres acabam agindo no calor do momento e prejudicando o seu objetivo final. Mas se engana quem pensa que isso pode acarretar apenas em briguinhas bobas. Nos casos mais extremos, um término sem expectativas de volta pode vir a acontecer. Aqui você ficará sabendo algumas atitudes que podem culminar neste caminho sem volta.

Segundo explica a psicóloga Cristiane Pertusi, é necessário que homens e mulheres vivam relações [VIDEO]onde ambos estejam dispostos a ceder, que sejam tolerantes com os erros um do outro e, acima de tudo, que as relações tenham como pilar a parceria.

Relações baseadas em guerra pelo poder são o que a psicóloga denomina como imaturas e fazem com que ambos os parceiros se afastem por causarem comportamentos desiguais.

Erros comuns que podem acabar com um relacionamento

Cristiane alega que um dos principais erros cometidos pelas mulheres em seus relacionamentos é o fato de, quando estão apaixonadas, logo elas decidirem se casar sem ter tido o precioso tempo para conhecerem seus parceiros. Segundo relata a psicóloga, muita gente só se importa em casar sem ligar se são compatíveis para aguentar uma convivência a dois no dia dia e acabam tomando essa importante decisão quando estão ludibriados por uma primeira impressão.

Isso se deve em grande parte ao fato de, ainda hoje, encararmos o Casamento como algo estritamente necessário, acima de tudo para mulheres.

Segundo Pertusi, há uma espécie de status quando uma mulher anuncia que está casada e que não ficou para tia. Mesmo que o casamento em questão tenha sido curto, dentro do âmago de uma mulher é mais confortável para ela quando diz que é separada do que solteira.

O modo fácil como um divórcio pode ser realizado atualmente também é um problema [VIDEO], já que as pessoas tendem a pensar que, se não der certo, basta se separar rapidamente.

Ainda de acordo com Cristiane, para unir sua vida a de outra pessoa de modo tão sério é sempre necessário pensar a respeito de seu estilo, costumes e também sua capacidade de dividir modos de pensar e atitudes diárias e ter bem claro em mente que o casamento é o começo de uma vida juntos que pede paciência com as diferenças e desejos um do outro. Sobre isso, Cristiane afirma que o segredo para relacionamentos que durem é a maturidade emocional de seus integrantes e que, quando se depararem com uma crise matrimonial, os dois ajudem na superação da mesma.