A violência contra as mulheres é um dos assuntos mais comentados do momento. Mesmo com todas as leis, alguns homens ainda insistem em bater em suas próprias esposas, namoradas e companheiras. Esse ato além de covarde, prova que a pessoa não tem capacidade de chegar a um consentimento sem recorrer a violência.

Somente no Brasil, muitos casos de agressão doméstica são registrados todos os dias. Na maioria das vezes, as mulheres não denunciam por medo ou até mesmo amor.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Mulher

Pode parecer ser um sentimento doentio, mas, somente quem ama de verdade uma pessoa, pode explicar como é difícil manter distância dela.

Um caso bem famoso que aconteceu entre celebridades foi o do cantor Naldo.

Ele agrediu a esposa e chegou a ser preso por causa disso. Em postagem recente, sua Mulher o perdoou e está novamente dando uma nova chance para o músico. A história que vamos contar abaixo, aconteceu com uma mulher chamada Anastasia.

Uma relação marcada pela violência

Durante muitos anos, ela viveu em um relacionamento instável e cheio de violência por parte de seu marido, Maxim Gribanov. Um dia, a situação fugiu do controle e Anastasia foi brutalmente agredida pelo companheiro.

Segundo informações do portal britânico ‘Metro’, o marido agrediu a esposa durante 5 horas seguidas. O que mais chamou a atenção foi a motivação do espancamento. Maxim queria mostrar para seus amigos que ele tinha o controle da situação, para isso, violentou a própria esposa na intenção de se gabar.

A cada nova surra, ele tirava fotografias e enviava para os seus amigos.

As imagens eram fortes, e mostravam o corpo de Anastasia totalmente roxo por causa das pancadas. Quando ela foi ao hospital, estava com diversas fraturas e os médicos não conseguiram nem mesmo estipular quantos socos e chutes ela havia tomado.

Um final trágico

Após todas as agressões, Anastasia entrou em coma e por causa dos ferimentos acabou não resistindo e veio a falecer. Mesmo não revelando para ninguém que seu marido a espancava, minutos antes de entrar em coma, ela teve coragem de contar a verdade. O caso aconteceu na cidade de Lebedyan, região russa de Lipetsk, e chamou a atenção pela violência.

De acordo com algumas informações divulgadas, a esposa estaria sofrendo com as agressões há um bom tempo. O marido, se condenado, poderá pegar a pena de 16 anos de prisão. Vale ressaltar que violência domestica é crime e caso você esteja passando por essa situação denuncie.

Ligue 180 ou vá a qualquer delegacia de sua região. É um direito seu se defender!

Leia também:

Vittar humilha gordas em postagem e se dá muito mal [VIDEO]

Gêmeas aparecem em fotos 'sensuais' e impressionam pela beleza [VIDEO]