Alguns crimes chamam a atenção do mundo inteiro, e não é para menos. [VIDEO]Os detalhes que eles envolvem são surreais e provam como algumas pessoas acabam passando o pão que o diabo amassou durante a vida. No mês de novembro, um crime teve repercussão em todo o Brasil e chamou a atenção para o fato de como a discussão de alguns temas pode ser importante. A pequena cidade de Floriano, no Piauí, viu uma das suas moradores ser vítima do crime de abuso sexual. A situação repercutiu porque um vídeo do estupro acabou sendo divulgado nas redes sociais.

Estupro de garota é filmado pela amiga e imagens são divulgadas na internet

A menina tinha apenas dez anos quando o estupro ocorreu.

Ela foi molestada por um homem de 39 anos de idade. A situação chocou muita gente na época em que ocorreu. Quem filmou o abuso foi uma de suas amigas. A outra jovem argumentou à polícia que fez as imagens para comprovar que sua companheira era abusada constantemente. O dia a dia da garota era realmente perturbador e muitas pessoas ficaram incomodadas com o que ela sofria. A amiga, mesmo também sendo uma criança, foi quem se viu no direito de tentar salvar a menina, que estava apenas em seus primeiros anos de vida, mas que já tinha que suportar um trauma muito grande.

Amiga grava abuso sexual de criança e ajuda a prender estuprador

Muita gente tentou entender como um homem pde cometer tamanho ato abusivo com uma criança. A vítima da situação conhecia o seu estuprador, como é comum na maioria dos casos.

O crime virou notícia em portais como o 'G1'. A garota era neta da mulher com quem o homem mantinha relacionamento. O delegado que investiga o caso disse claramente que, a partir do vídeo de abuso sexual, era possível claramente indicar quem realizou o terrível crime.

Menina sofreu abuso coletivo por mais de 30 homens ano passado, no Rio de Janeiro

No ano passado, uma menina de apenas 16 anos acabou sofrendo abuso coletivo no Rio de Janeiro. O caso acabou tendo repercussão em todo o País. Muita gente ficou revoltada, já que a situação ficou conhecida e ganhou extrema repercussão em todos os meios de comunicação. Após denunciar os estupradores, a menina entrou em um programa de proteção às vítimas. No entanto, como disse ao jornalista Roberto Cabrini, sua vida jamais voltou ao normal.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes à sociedade.