Ultimamente uma notícia tem parado a internet, deixando os internautas curiosos e apreensivos em saber se realmente a lei teria sido mudada. A manchete tem tomado conta das redes sociais. A maioria dos leitores do Facebook e WhatsApp viralizou o conteúdo na internet, mas será que realmente isso tudo é verdade?

Publicidade
Publicidade

O conteúdo postado nas redes sociais é falso. A notícia tem sido compartilhada por vários usuários do Facebook, mas na maioria dos casos as notícias são compartilhadas nas redes sociais antes mesmo de serem lidas pelos internautas.

O fake news (notícia falsa) surgiu no começo do ano de 2017, usando argumentos de um projeto de lei postado em 201. A proposta era que jovens a partir de 16 anos já estavam aptos a dirigir e não teriam que esperar até completar 18 anos.

Jovens poderão tirar carteira de CNH
Jovens poderão tirar carteira de CNH

Em 2012, um projeto de lei foi novamente postado, dessa vez mostrava que jovens de 16 anos estavam aptos a tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), com a permissão de dirigir ocorrendo apenas com a presença de seu responsável. Porém, novamente a proposta foi recusada.

Portanto, a notícia de que jovens poderão tirar CNH a partir dos 16 anos é falsa. Qualquer tipo de informação desse tipo será falso. A lei brasileira é realmente clara em dizer que só é possível tirar habilitação com 18 anos.

Publicidade

Essa é a idade mais importante na legislação brasileira, quando a pessoa passa a ser responsável pelos seus próprios atos, fazendo com que possa responder por si próprio e não depender de seus responsáveis.

Facebook luta contra conteúdos falsos

O Facebook anunciou que fará uma busca por notícias falsas e promete diminuir esse tipo de conteúdo. Acabar com esse tipo de atitude é uma tarefa quase impossível de se acontecer. O Facebook é a maior rede social do mundo, conta com mais de 2 bilhões de usuários registrados, mais de 800 milhões de pessoas curtem conteúdos diariamente na rede social.

A rede começou a investigar artigos falsos depois de que esse tipo de conteúdo começou a influenciar nas eleições da França. A Alemanha também sofreu com esse tipo de atitude. Alguns políticos começaram a ser insultados nas redes sociais depois de que fake news começaram a se espalhar.

Depois desses acontecimentos, o Facebook anunciou que estaria disponibilizando uma ferramenta que poderá analisar os conteúdos antes de serem postados pelos internautas.

Publicidade

Hoje em dia, a rede social tem melhorado e apenas alguns conteúdos falsos são compartilhados.

Leia tudo