Diante de tantas tags procuradas na internet, uma das mais clicáveis tem sido as de conteúdos adultos. Apesar de ser um conteúdo proibido para menores de idade, em uma fácil pesquisa no Google podemos encontrar sites com acesso liberado para qualquer público, sem restrições de idade. Mas isso se deve ao fator financeiro, pois este nicho, por ser um dos mais procurados na internet, acaba se tornando também o mais rentável e, com isso, donos de sites acabam facilitando o acesso para qualquer pessoa, pois, quanto maior o número de acessos, maior é o faturamento, tanto com vendas de produtos sexuais, como também em publicidade [VIDEO].

Dentre os vídeos mais pesquisados envolvendo conteúdo adulto, estão vídeo e fotos relacionadas ao envolvimento de jovens, as chamadas de 'novinhas'.

São pessoas de todas as idades que passam horas do seu dia se entretendo nesse tipo de conteúdo, que acaba se tornando algo vicioso.

Com a chegada do século XXI, esse conteúdo ficou ainda mais fácil, pois, antes, conteúdos como esse só poderia ser encontrado em revistas e locadoras de VHS, porém, sua venda ou locação só era autorizada para maiores de idade. Empresas como Brazzers e Brasileirinhas eram as pioneiras e mais procuradas para esse conteúdo.

Hoje em dia, essas empresas ainda trabalham nesse ramo, porém, em DVDs e revistas, os lucros caíram e foi preciso acompanhar a modernidade, de modo que elas hoje oferecem conteúdo exclusivo em seus próprios web sites, trabalhando com contas pagas, o que mesmo assim, ainda consegue atrair muitas pessoas.

Atriz morre após contracenar filme adulto com animais

Nesta semana, um caso acabou ganhando bastante repercussão nas mídias sociais.

Uma notícia foi divulgada em sites de pouca (ou zero) credibilidade, informando que uma atriz de filmes adultos teria falecido após ter iniciado uma cena de sexo com dois animais.

A atriz, que supostamente chamava-se Asa Khalifa, de apenas 21 anos, teria sido a vítima fatal do ato praticado com os animais, no caso, dois jumentos. Ainda segundo as fontes, a jovem atriz participava das gravações do filme ‘Pounded Animal’, e que após a penetração, acabou não suportando e morreu.

Na notícia, ainda continha a informação de que a jovem gritava muito no momento do envolvimento carnal com os animais, o que causou ainda mais apreensão por parte dos produtores e mais sofrimento para a mesma. A notícia finaliza afirmando que a jovem teria morrido após ter sofrido uma perfuração no intestino.

Notícia falsa sobre morte de atriz pornô é descoberta e internet fica movimentada

Não demorou muito, e logo a descoberta de que tudo não teria passado de mais uma “fake news” lançada na web. Mesmo sendo divulgado por blog de pouco ou nenhuma credibilidade, muitas pessoas realmente tinham acreditado que seria verídico o caso, porém, a verdade veio à tona.

No caso citado acima, a atriz, na verdade, chama-se Lola e não é americana como haviam divulgado. Ela é brasileira e decidiu gravar um vídeo para conscientizar as pessoas sobre essa forma de exposição na internet.

Ela disse ainda que a sua imagem foi utilizada de modo ilegal na referida notícia, porém, através do seu vídeo, tenta conscientizar pessoas sobre tal prática. Assista ao vídeo abaixo: