A Grécia é um pequenino país dos Bálcãs, que sempre conseguiu evocar o imaginário de milhões de pessoas ao redor do mundo devido a sua história singular e beleza plástica invejável.

Agora um fenômeno no mínimo curioso realça novamente os holofotes sobre a República Helênica [VIDEO], uma vez que houve a tentativa através de uma expedição científica de entender uma aparição ocorrida no santuário do lago Prespa, situado entre a Grécia, a Albânia e FYROM (Antiga República Iugoslava da Macedônia).

Acontece que houve a manifestação de uma criatura misteriosa, de aparência muito próxima ao denominado “Monstro do lago ness” nas Terras Altas da Escócia, só que dessa vez em uma cidadezinha turística nos Bálcãs.

Tanto é assim, que foi feito um vídeo desse ser estranho, por meio de um celular, o qual vem causando muita curiosidade na web.

A imagem do monstro balcânico, versão da escocesa "Nessie" foi capturada ainda nas águas albanesas do lindíssimo lago Prespa, cujas águas, porém pertencem à Grécia [VIDEO] e à FYROM.

No vídeo pode ser visto algo semelhante a uma silhueta com o pescoço e a cabeça de algum animal estranho se destacando da superfície da água. Logo que notou a aparição inusitada, a pessoa que estava com o celular correu em direção à costa e mira a câmera do aparelho em direção ao animal.

Por outro lado, em questão de segundos a "criatura" submerge, desaparecendo totalmente nas águas frias do Prespa, provocando a respiração ofegante de uma voz de homem por detrás do celular.

Há cinco anos um fato parecido aconteceu na margem grega desse mesmo lago, ocasião em que uma criatura semelhante foi flagrada, conforme noticiou a publicação britânica Daily Mail.

Logo que esse último vídeo feito por um celular começou a circular nas redes, Sima Jonoski, que é professora aposentada de Geografia, junto com alguns jornalistas, liderou uma expedição no intuito de investigar o caso; no entanto, a pesquisa não contextualizou sequer uma evidência da presença do ser naquele local.

Jonoski se diz incrédula sobre a possibilidade de que seja um animal desconhecido por parte da ciência, o que é validado por muitos habitantes as margens do Prespa. A professora acredita sim, que possa ser um peixe de envergadura muito grande, até mesmo porque peixes assim já foram vistos diversas vezes em tais águas.

Entretanto, a professora também teve que admitir que por vezes acontecem “coisas estranhas” no lago Prespa" ou que nunca foram observada em outros lagos pelo mundo.

Como, por exemplo, no ano de 1976, quando por coincidência uma outra professora avistou "uma coluna de água em forma de cogumelo", se elevando por 10 ou 15 minutos próxima a margem grega do Prespa. [VIDEO]