A região íntima da mulher é muito mais exposta que o órgão genital masculino, portanto a mesma é susceptível a infecções genitais. Não é novidade que as moças precisam correr atrás de medicações para cuidar de algum tipo de infecção. Atualmente, cerca da metade da população feminina já teve algum problema ginecológico.

Embora o odor forte nessa região possa ter sua origem em doenças, existem algumas coisas que podem tornar esse mau cheiro mais forte e desconfortável que o normal.

Iremos citar algumas causas desse desconforto, porém se você tem esse problema e não se enquadra em nenhum dos casos abaixo, o ideal é que você procure um ginecologista urgente, para que dessa forma, ele faça um diagnóstico e descubra o que está acontecendo com você.

Menstruação

No período em que a mulheres estão menstruando, significa que seu óvulo não foi fecundado e acaba sendo expulso do seu corpo por um forte fluxo de sangue. O pH da vagina é neutro e vai de 3,5 a 4,5 e quando a mulher menstrua o sangue faz com que o pH fique elevado numa média 7,5. Por esse motivo, a vagina da mulher fica com um cheiro muito forte durante a menstruação. Portanto, é de suma importância manter uma boa higiene da área intima para evitar um odor exagerado.

Infecções

Como foi dito anteriormente, a flora vaginal possui um pH específico, portanto quando acontece alguma alteração nesse pH, a vagina acaba ganhando um forte mau cheiro. Assim, como as bactérias da boca que causam mau hálito, a vagina possui bactérias que quando se proliferam exageradamente acabam deixando a vagina com um forte odor.

Relação sexual

Durante a troca de prazer acontece uma troca de bactérias, essas acabam provocando cheiros muito fortes. A bactéria aqui atua de uma maneira inacreditável deixando um cheiro muito forte. Logo após o momento a dois, é de suma importância fazer a higiene da área intima.

Antibióticos

A antibioticoterapia é o principal medicamento que faz com que a vagina fique com aquele mau odor característico. Quando a mulher necessita de tomar esse tipo de medicação, ela acaba sofrendo com o mau cheiro, pois o remédio afeta muitas bactérias que estão presentes na Flora Vaginal feminina. Essas bactérias que são afetadas são as responsáveis de manter o equilíbrio do pH do órgão sexual feminino.

E você o que pensa a respeito desse assunto? Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo.