Desde o ano de 2016 uma grande série veio a se destacar na Fox, e, mais tarde, na Netflix. O seriado Lucifer trouxe uma nova concepção de estilo cinematográfico para uma grande parte do público da televisão. A série se encontra na sua segunda temporada, mas existem coisas que até mesmo os fãs não sabem. Nesse artigo, vamos apresentar 6 coisas que até mesmo os fãs da série não sabiam.

Uma própria Autobiografia?

  • O produtor da série de Californication, White Famous, Pilot, conhecido como Tom Kapinos, é o mesmo produtor cinematográfico de Lucifer.

O primeiro fato encontrado não é nenhuma novidade para a maioria, porém existem pessoas que não se aprofundam nesses tipos de pesquisas para saber mais sobre a série.

  • O escritor da própria série, Mike Carey, diz ao público e para os críticos, que a trama foi idealizada como uma própria concepção de vida.

Mike Carey afirmou que todo o estilo do personagem Lucifer, interpretado pelo ator Tom Ellis, é como se fosse um espelho, pois refletiu a própria personalidade de vida do escritor. Desde o estilo simpático, gentil, amigável até o jeito mais bruto, ignorante e sem dar a mínima para ninguém.

Antes de seu lançamento, a série recebeu boicote?

A associação americana 'One Million Moms' descreveu a série como um estopim para afastar os cristãos da verdade. Segundo a organização, a história iria impor uma imagem falsa sobre o próprio Lucifer, levando ao questionamento sobre os preceitos cristãos, e permitir que o público fosse influenciado a amar o próprio 'Satanás'.

Neil Gaiman fez questão de realizar o primeiro aparecimento de Lucifer em um HQ do personagem 'The Sandman'. O aparecimento do personagem de Lucifer foi algo que levou o público a loucura, e que influenciou mais tarde a criação de sua própria série.

Influenciado por um cantor?

  • Neil Gaiman teve uma influência na criação do físico do personagem: a paixão pelo cantor David Bowie.

Pode parecer loucura, mas o personagem realmente foi criado para se parecer com um cantor. Não é à toa que ao longo da série, o personagem ama tocar e cantar.

  • De acordo os produtores da série, e até mesmo do Multiverso da DC Comics, Lucifer é o segundo mais forte do universo.

O personagem se encontra empatado com seu irmão Miguel, que também está presente na série. Miguel, inclusive, entra em rivalidade com seu irmão, e, por serem arcanjos, são nomeados os mais fortes que existem, ficando atrás apenas para Yahweh, que é a representação de Deus.