A infidelidade é uma das maiores causas para o final dos relacionamentos, sendo certo que muitas vezes, os parceiros nem chegam a saber que estão sendo trapaceados. Apesar disso, essa é uma das questões que mais preocupa os casais e que causa mais brigas entre eles. De acordo com um estudo recente, uma assombrosa porcentagem de 45% dos homens e 21% das mulheres revelaram terem sido infiéis a seus parceiros em relacionamentos passados [VIDEO]. Sendo certo que são muitos os que trapaceiam, a dúvida que resta é porque isso acontece.

Os homens continuam a trair mais que as mulheres, de acordo com esse estudo revelado pelo jornal inglês Daily Star, o que seria uma estatística mais esperada, uma vez que isso é quase conceitual.

Desde sempre que os homens são os que mais trapaceiam, mas a verdade é que também as mulheres estão traindo cada vez mais. Por muito que ninguém queira sequer imaginar que seu parceiro está ficando com outra pessoa, a verdade cada vez mais presente nos relacionamentos atuais, é que todos estão se trapaceando secretamente.

É a mais dura realidade, e por isso, resta saber as razões para isso acontecer. Afinal, se ninguém quer ser enganado, porque é que as pessoas traem, mesmo sabendo que isso vai ferir o Relacionamento e a outra pessoa? Um estudo inovador do The Journal of Sex Research encontrou os motivos brutais de por que uma pessoa vai querer jogar sujo na relação.

Os pesquisadores perguntaram aos jovens adultos sobre seus hábitos de trapaça através de um questionário na internet. Eles descobriram que a maioria das pessoas enganam porque:

1. Estão insatisfeitas com o relacionamento;

2.

Estão se sentindo negligenciadas;

3. Estão irritadas;

4. Estão se sentindo atraídas por outra pessoa.

Essas são as quatro razões principais, mas o questionário também encontrou algumas verdades inesperadas. As pessoas culparam a trapaça [VIDEO] por múltiplas razões, dizendo que:

5. Perderam o interesse no parceiro;

6. Beberam demais;

7. Queriam ser mais populares;

8. Queriam experimentar outros parceiros.

Essas seriam as oito razões, que levariam mais à infidelidade, mas "seria um erro concluir que todos os assuntos (e comportamentos relacionados à infidelidade) resultam igualmente de déficits no relacionamento primário", disseram os autores do estudo. Isto significa que as pessoas mais inseguras podem ser as que mais traem, uma vez que sentir-se inseguro em um relacionamento ou simplesmente menos satisfeito ou comprometido irá levar a pessoa a procurar essa tranquilidade em outros lugares.

Em uma distinção relevante, entre homens e mulheres, esse estudo provou que eles buscam coisas diferentes. Enquanto os homens tendem a enganar devido ao desejo carnal, as mulheres tendem a se desviar porque não sentem que suas necessidades estão sendo atendidas.