A Polícia da cidade de João Pessoa prendeu na noite de quarta-feira (17) um homem acusado e extorquir um cliente. A prisão aconteceu no bairro Mandacaru. O suspeito de ter cometido o crime é um jovem de 22 anos, que trabalha como garoto de programa. Informações repassadas pela polícia, apontaram que o suspeito gravava todos os encontros amorosos que ele tinha com a vítima. [VIDEO]

Acusado usava um câmera escondida para gravar os encontros amorosos

As gravações eram feitas sem a vítima saber e depois usava os vídeos dos encontros para chantagear. De acordo com a imprensa local, o sujeito cobrava R$ 5 mil para não divulgar o vídeo em redes sociais.

O caso veio à tona após a própria vítima ir até à delegacia da cidade e registrar um boletim de ocorrência contra o sujeito relatando o caso. Segundo o que consta no depoimento da vítima, o garotão usava uma câmera escondida para gravar os encontros amorosos.

Vítima disse que tinha encontro com o garotão duas vezes ao mês e pagava R$ 100,00 por encontro

Narrando o fato, o homem disse que mantinha um caso amoroso com o garoto de programa desde do ano de 2016 e os encontros aconteciam eram mensais. De acordo com a vítima, a cada encontro ele pagava cerca de R$ 100 e aconteciam duas vezes ao mês [VIDEO]. Após a denúncia do homem, a polícia suspeitou que outros clientes do sujeito tenham sido gravados e chantageados acrescentado que outras vítimas possam procurar a delegacia para relatar o caso.

Suspeito disse que estava devendo dinheiro por isso começou a chantagear a vítima

Conversas do garotão com o cliente, foram divulgadas pela polícia, em uma delas o homem faz ameaças e dá um prazo para o pagamento, avisando que se não recebe o valor pedido iria divulgar as imagens em redes sociais [VIDEO]. Em um dos áudio, o jovem diz que vai publicar o vídeo para a esposa do homem saber que ele era "veado". O homem foi preso em sua residência e em seguida foi levado para uma unidade da polícia para prestar esclarecimento sobre as acusações. Em depoimento, ele disse que estava devendo cerca de R$ 1 mil e não tinha dinheiro para pagar, com isso ele resolveu chantagear o cliente acrescentado que essa foi a primeira vez que ele fez isso.

Após o depoimento ele foi levado para uma cadeia da cidade de João Pessoa. Segundo Informações divulgadas por meio de comunicações locais, até a manhã de quinta-feira (18) o garoto de programa ainda se encontrava preso aguardando uma audiência de custódia.

E você caro leitor qual a sua opinião sobre esse caso de extorsão? Deixe suas ideias e pensamentos na seção de comentários logo abaixo.