Trabalhar contra a tristeza não é uma tarefa simples. [VIDEO] Perder um parente, um amigo ou algo que se acha muito importante pode ser um duro golpe na vida e, para avançar, as pessoas podem ter graves problemas, como a depressão. A doença atinge milhões de pessoas em todo o planeta. [VIDEO] Em 27 de junho passado, um crime envolvendo uma família mostrou as nuances de como a vida pode ter dias difíceis. Aos 25 anos, Juliana tinha problemas de entender o comportamento do seu irmão.

Ela tinha relações de amizade e carinho com o irmão Matheus, que era um pouco mais novo. O jovem sofria de uma deficiência mental e, por isso, o relacionamento com ele ficava difícil.

Juliana acabou ficando com pena do sofrimento de Matheus e matou o irmão. A história, que já era bastante trágica, ainda ganhou nuances ainda mais tristes.

Jovem assassina irmão com deficiência e depois se mata; moça deixou carta aos pais em rede social

A jovem acabou passando por problemas terríveis em sua vida. Ela não esperava que conviver com esse tipo de problema fosse ter um destino tão trágico, mas acabou tendo. Minutos depois, a moça acabou tirando a própria vida.

Antes disso, no entanto, ela contou em uma espécie de carta no Facebook porque tomou a decisão. Moradora de uma pequena cidade de Minas Gerais, Monlevade, a jovem relatou porque tomou a decisão em sua trajetória. Ela impressionou muita gente com o relato.

Moça mata irmão desesperada com problema de saúde

Na mensagem, ela pedia perdão aos pais por ter matado o próprio irmão.

Ela revelou que sabia o drama que ele passava, mas que ao mesmo tempo não conseguiria viver sem ele. No desespero, Juliana tomou essa decisão e comoveu muitas pessoas com sua atitude. Nas redes sociais, eles publicavam muitas fotos juntos.

Todo mundo parecia uma grande família perfeita e o término de tudo aconteceu de maneira traumática. Algumas pessoas não entenderam bem como tudo aconteceu e isso despertou a ira. Juliana acabou estrangulando o irmão. Os pais ficaram apavorados.

Evite que a vida se perca, previna-se com o CVV

No Brasil, existe uma entidade muito importante que ajuda as pessoas com pensamentos negativos e tristes. Há anos o Centro de Valorização da Vida, o CVV, auxilia pessoas com esse tipo de vontade, tirar a própria vida. Por isso, para ajudar esses indivíduos e também seus familiares, existe um telefone que pode ser usado de qualquer parte do território nacional. Para entrar em contato, basta ligar para o telefone 141. A ligação é gratuita e pode ajudar muita gente.