Alguns crimes acabam chamando a atenção da sociedade pelo modo como acontecem [VIDEO]. Uma traição acabou sendo flagrada por um homem. Entender os detalhes que levaram esse tipo de crime a acontecer são realmente interessantes. A ação envolveu o americano Sean Donis [VIDEO], que está com 37 anos de idade. De acordo com informações da coluna 'Hora 7', do portal de notícias R7, ele foi visitar sua amada, quando pegou ela no Flagrante. Ela estava transando com o próprio chefe, que foi identificado pela imprensa americana como Albert Lopez, de 58 anos. As informações são realmente importantes.

Americano flagra a mulher com homem e descobre que ele era o chefe dela

O traído, revoltado, decidiu filmar tudo o que acontecia.

Com um celular, ele transmitiu a relação íntima de sua esposa, de nome Nancy, com outro homem, que era o chefe dela. Por causa desse vídeo, ele quase foi preso. As imagens surpreenderam quem acompanhava a vida da mulher. Lopez não gostou do que acontecia. Ele ficou revoltado. Isso porque Nancy já havia pedido o divórcio de Sean, que filmou tudo. Além disso, a casa que o americano foi visitar não era a dele, mas sim do chefe dela. Chamado de amante, o homem disse que estava em sua residência, quando teve a intimidade revelada. Isso fez com que o homem fosse indiciado por tudo o que aconteceu.

Flagrado por traição, amante processa traído e vídeo mostra tudo o que aconteceu

A mulher de Sean também fez questão de denunciar o companheiro. Ela alegou que teve a sua intimidade revelada. O caso aconteceu em um pequeno condado do estado de Nova York, nos Estados Unidos.

Caso condenado, o homem pode passar diversos anos na prisão. A situação dele é realmente delicada. De acordo com alguns sites americanos, ele pode passar até mesmo quinze anos na detenção, coisa que ninguém quer. O casal tem cinco filhos. Eles estavam juntos desde 2010 e o relacionamento teria entrado em crise por conta do caso extraconjugal com o chefe.

O marido usou uma ferramenta de transmissão ao vivo para realizar sua vingança. Ele apenas se esqueceu de um detalhe. Traição não é crime nos Estados Unidos, mas revelar a intimidade, invadir um casa e agredir outra pessoa é. Sean chegou a bater no amante de sua agora ex-companheira. Para piorar a situação, o vídeo da sua transmissão acabou provando tudo o que ele fez. Algumas pessoas ficaram revoltadas com as imagens, enquanto outras foram a favor do marido traído. "Eu faria o mesmo", disse um dos internautas.