Notícias que chocam sempre são divulgadas rapidamente pelos veículos de comunicação, independendo da parte do mundo. Com isso, os fatos que estão circulando no mundo acabam chegando à mídia em segundos e causam desconforto a quem pratica certas atitudes drásticas, principalmente envolvendo crianças ou animais [VIDEO].

O fato é que nos Estados Unidos uma mulher de 38 anos e casada seduziu um menor a ter relações sexuais com ela. Um acontecimento assim, para os americanos, é avaliado como estupro de vulnerável.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Curiosidades

Por nome de Brooke Lajiness, a mulher, que vive na cidade de Lima Township, no estado de Michigan, admitiu que cometeu o delito com o adolescente para as autoridades [VIDEO].

O caso ocorreu em junho passado.

Americana tem relação com adolescente dentro de carro

Brooke assumiu na época estar carente, mesmo sendo casada. Ela comentou que tinha contato com o menino por conhecê-lo da cidade onde mora. Com a proximidade que os dois começaram a ter, surgiu um romance, o que os levou a se encontrarem mais vezes. Eles tiveram relações sexuais cerca de 15 vezes. O lugar em que mantinham o encontros era o carro da acusada.

Brooke procurava lugares em que poderia ter seus momentos com ele e que não fossem descobertos, por ter conhecimento das leis. Um detalhe à parte é que Brooke tem dois filhos, que têm idades próximas a do adolescente com quem se relacionava. Embora sabendo disso, o fato não a impediu de praticar o ato ou pensar se, por acaso, isso estivesse acontecendo com algum de seus filhos se a sua reação seria das melhores.

Brooke Lajiness pode ter prisão decretada nos Estados Unidos

Por não conseguir manter muito a discrição, Brooke Lajiness começou a usar o celular para enviar fotos para o adolescente, imagens que eram comprometedoras e mostravam a mulher nua. Tudo o que ela fazia era para incentivar ao menino a ter relações sexuais com ela e o estimular a sempre querer mais.

Por ser muito novo e inexperiente, a mulher foi quem tirou a virgindade do adolescente. Brooke relatou que não sabe ao certo quantas vezes se encontraram, mas por alto estiveram juntos quinze vezes. Todas as relações foram em seu carro.

Brooke foi presa, mas não permaneceu na cadeia por pagar uma fiança de um valor bem considerável. Ela foi solta após pagar a fiança de US$ 50 mil (R$ 162,5 mil). Com isso, ela ficou livre da cadeia naquele momento, pois a Justiça ainda não decidiu ainda qual será o destino dela pelo crime. A pena prevista é de até dez anos atrás das grades.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário, pois é relevante para debater os assuntos no Brasil e no mundo.