Algumas situações absurdas podem chocar a medicina moderna. [VIDEO]Entender como um ou outro crime funciona é verdadeiramente assustador e quando as acusações envolvem sexo tudo fica mais complicado. A britânica Sharon Whiteley, de 46 anos, acabou causando após fazer uma cirurgia. [VIDEO]Ao sair do médico, ela notou algo diferente em seu corpo e bradou: 'Estou viciada em sexo'. Esse provavelmente não deve ter sido um ato simples de acontecer, afinal, Sharon já estava convivendo com outro problema importante. A britânica lutava contra um câncer no útero e, por isso, teve que passar pelo procedimento, que foi a retirada de um mioma.

Britânica faz cirurgia contra o câncer de útero e acaba viciada em sexo

A britânica hoje está com 46 anos de idade e não entende como uma cirurgia para a retirada de um câncer acabou causando um fenômeno tão ruim para ela.

O mioma estava muito grande dentro da mulher. A parte retirada já tinha mais de três quilos. No entanto, ao retirar essa parte do seu corpo, a mulher até se viu livre de uma preocupação mortal, mas convive agora com outros problemas, como o fato da sua libido ter aumentado extraordinariamente. Agora, quase que o tempo todo, ela tem vontade de ter relações íntimas com outras pessoas.

'Quanto mais homem, melhor', diz mulher que viu libido aumentar após ir ao médico

Sharon teve dificuldades para assumir esse sentimento inicialmente, mas começou a praticar mais atos íntimos. Hoje ela tem certeza de uma coisa, quanto mais homem melhor. Sem nenhum pudor, a paciente mostra o quanto é importante cuidar da saúde e da vida. O procedimento cirúrgico foi importante para ela perceber que há coisas na vida que realmente não tem alteração, mas outras mudam.

Fazer atos sexuais agora é algo que está quase que o tempo todo em sua cabeça. Com isso, ela passou a ter múltiplos parceiros e tornou-se uma espécie de devoradora de homens. A mulher garante que quanto mais homem melhor.

Mulher faz procedimento no útero e descobre vício em atos íntimos

A cirurgia, como mostra uma reportagem do jornal britânico 'The Sun', aconteceu no meio do ano de 2016 e, desde então, a mulher está viciada em ir para a cama com outros homens. Hoje a britânica diz que é ninfomaníaca e que, em menos de um ano, já teve relações íntimas com pelo menos dez homens diferentes. Alguns deles, é claro, repetiram-se durante esse período. Os rapazes não reclamaram da situação, que deixou o mundo de boca aberta.

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes para toda a sociedade,