Dois bandidos acabaram sendo atropelados durante uma tentativa de assalto. O fato foi registrado no último dia 20 de janeiro, em Teresina.

Segundo algumas informações, dois elementos estavam em uma motocicleta rondando o bairro São Joaquim, que fica na zona norte de Teresina, a procura de vítimas. Eles acabaram visualizando um homem em um carro vermelho e decidiram abordá-lo. A vítima percebeu a presença dos homens e reagiu.

Publicidade
Publicidade

O homem acelerou o veículo atropelando os bandidos. Devido a alta velocidade, um dos assaltantes acabou tendo sua perna esmagada pelo carro que bateu no poste. Em seguida, a vítima pegou o seu aparelho celular e ligou desesperado para a Central da Polícia Militar, relatando o que havia acontecido. Após as ligações, duas viaturas da polícia militar chegaram e isolaram a área. Um bandido acabou sendo preso no local, mas o outro teve que ser atendido pelos paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Publicidade

Como o bandido teve uma grave fratura na perna, teve que ser encaminhado para um Hospital. No local do crime, a polícia conseguiu apreender as armas que os criminosos estavam, além da moto que era de procedência duvidosa, pois estava sem placa. No local, o homem que acelerou o carro disse que não tinha intenção de atropelar os assaltantes.

''Eu havia comprado o carro a quase um mês, e não possuía seguro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Acabei agindo de maneira errada ao reagir ao assalto'', disse a vítima. Ela não será indiciada por tentativa de homicídio. Os dois assaltantes são velhos conhecidos da polícia, pois já foram presos diversas vezes pelos crimes de roubo e assalto à mão armada.

Violência aumenta na cidade

Nos últimos meses, a capital de Teresina registrou uma alta no número de assaltos e roubos à mão armada. Quase diariamente as delegacias recebem pessoas, dizendo que foram vítimas de assalto.

Isso pode estar relacionado com a falta de segurança na capital.

Alguns moradores dizem que é muito difícil ver uma viatura da polícia militar circulando nas ruas. Diante dessa queixa, um Porta-voz da Polícia Militar se posicionou por meio de nota, dizendo que a viatura policial circula nas áreas que são mais afetadas pela criminalidade. Ele também informou que as pessoas devem registrar o boletim de ocorrência, para que se possa ter uma ideia dos locais que os assaltante estão frequentando.

Publicidade

O Porta-voz informou que irá disponibilizar uma viatura para fazer rondas próximo ao bairro de bairro São Joaquim.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo