No passado é bem provável que o homem pré-histórico [VIDEO] tenha descoberto acidentalmente, que os alimentos adquirem melhor sabor quando submetidos ao fogo. A estimativa é de que os primeiros alimentos foram os grelhados e depois os cozidos.

Depois dessa curiosa descoberta, boa parte dos alimentos que consumimos hoje em dia precisa ser cozidos. Cozinhar significa geralmente, aquecer a comida para torná-la mais fácil de digerir e para que fique mais agradável ao paladar. O mais interessante é que essa palavra cozinhar também indica a preparação de alimentos que não são cozidos, como as saladas. A maioria das pessoas cozinha por necessidade, algumas o fazem como hobby e outros por simplesmente considerar a Culinária uma arte.

O grande destaque [VIDEO] é que cada povo tem uma culinária própria, isso porque precisam combinar ingredientes locais para produzir pratos com sabor e aparência bem características. Curiosamente no passado nos países frios, os pratos variavam ao longo do ano, acompanhando a disponibilidade dos alimentos conforme as estações. Hoje o transporte rápido, as técnicas de refrigeração e enlatamento permitem dispor de qualquer tipo de comida o ano inteiro. Atualmente é comum consumir comida semipronta, pois as pessoas não têm tempo para cozinhar, mesmo com tantos aparelhos eletrodomésticos facilitando as variadas tarefas da cozinha.

É interessante observar que além da culinária de cada povo se basear nos produtos, animais e vegetais disponíveis, até os hábitos religiosos têm influência sobre a escolha e preparação dos alimentos.

Na idade medieval, as técnicas culinárias eram simplória. O alimento era cozido em caldeirões pendurados sobre o fogo da lareira. Os pratos medievais eram exageradamente temperados, com pimenta,açafrão, gengibre etc,

Qual seria o objeto de mais destaque nesta invenção?

Com certeza é o fogão. Ele é feito com alumínio, ferro ou alvenaria. Existem fogões fixos ou móvel, mas com aberturas que é por onde sai uma chama alimentada por gás, ou lenha. Tem também o similar que é movido a eletricidade.

O fogão a lenha inventado pelo físico Benjamin Thompson, em 1795, tornou possível regular a temperatura do cozimento dos alimentos.

Em meados de 1850 surgiu o fogão a gás, mais prático, e muito menos perigoso que o a lenha. Mais comum no Brasil [VIDEO].

O fogão elétrico se tornou comum a partir do século XX, ele é mais seguro, higiênico, mas gasta muita energia.

E indispensável que se destaque também os fornos microondas que aquecem o alimento em poucos minutos, pela agitação das moléculas de água da comida.

O primeiro livro de culinária conhecido foi escrito pelo romano Apício. Entre variadas receitas as principais são: lesmas ao leite e camundongos recheados!