Imagina se a moda pega! Dia desses, um rapaz muito bonito estava descendo do ônibus. [VIDEO] Ele seguia a sua rotina normalmente na cidade de Praia Grande, no litoral do estado de São Paulo, quando um terrível problema aconteceu em sua vida. Aos vinte e um anos de idade, o rapaz estava seguindo a sua rotina normal, até que, de repente, ele foi surpreendido por uma mulher. A criminosa mudaria para sempre a vida dele. Fora de si, a meliante começou a assustar o rapaz. [VIDEO] Ela, que não teve o nome identificado pela polícia, teria cometido uma barbaridade sem precedentes e abusado sexualmente do homem, tudo no meio da rua, sem se preocupar com nada.

Mulher carente abusa sexualmente de rapaz bonitão e até polícia de SP fica chocada

O jovem parecia que não esperava que algo assim pudesse acontecer. Certamente, ele já ouviu falar em mulheres abusadoras, mas se imaginar como uma vítima é um passo muito grande. A verdade dolorosa acabou sendo divulgada por muitos portais de notícias, como o G1. De acordo com as informações da polícia, a mulher chegou dizendo para o rapaz que tinha terminado o relacionamento com o namorado. Desolada, a criminosa saiu decidida a transar com o primeiro homem que aparecesse.

Achando bonito o rapaz, que não revelaremos o nome, ela partiu para cima dele. A mulher chegou a dizer que, caso o homem não topasse ter relações sexuais com ela ali, a criminosa gritaria e diria à polícia que era ele quem estava molestando ela sexualmente.

Com medo e se vendo sem opção, o homem fez o sacrifício de ser abusado pela moça.

Polícia investiga caso da predadora de homens: jovem abusa de rapaz após ser largada pelo companheiro, em SP

A polícia da região, mesmo chocada com que ouviu, passou a fazer o seu trabalho e tentar entender se aquilo era mesmo verdade. Câmeras de segurança da região podem identificar a predadora de homens. Muitos rapazes da região já estão com medo de saírem desacompanhados. Todo cuidado é pouco, mas é bom lembrar que, no geral, com as mulheres acontece isso o tempo inteiro.

De acordo com a vítima, inicialmente, a estupradora queria que o sexo acontecesse na casa dela, mas com muita vontade de fazer o ato, acabou o obrigando a ter relações sexuais no meio da rua. O homem apenas procurou a polícia porque o sexo aconteceu de maneira rápida e a camisinha acabou estourando. O medo dele é de ter pego uma doença, como a Aids.

O delegado que investigou o dantesco caso, Alexandre Comin, revela que o rapaz tomou medicamentos que inibem a presença do HIV no corpo. Ele apenas denunciou a meliante, após uma conversa aberta com a mãe, que não pensou duas vezes em defender a honra do seu menino.