Qual é o máximo que uma pessoa pode fazer por Religião? Sabe-se que no Brasil há uma grande discussão quanto a atitude de algumas Igrejas [VIDEO] e seus pastores, que chegam a fazer absurdos para conseguirem mais fiéis, o que lhes dá mais audiência e, como muitos comentam na internet, mais ganhos. Dentre as coisas diferentes que acontecem no Brasil estão, por exemplo, a venda de um terreno no céu, ou até mesmo uma água mais cara, que os pastores garantem que foi batizada por Jesus. Sem contar nas curas oferecidas em cultos, que para muitas pessoas na internet são interpretações de atores contratados. No entanto, nada disso vai chegar perto do que um líder religioso de um país africano mandou seus seguidores fazerem.

O pastor Daniel Leseego, da Rabboni Centre Ministres, que funciona em toda África, deu um estranho conselho [VIDEO], seguido de ordem, para os seus seguidores: comam grama. Pois é, é isso mesmo que você acabou de ler. O líder religioso aconselhou e depois ordenou, até em um evento próprio para isso, que os seus fiéis comessem grama. A explicação para tudo isso é que ao se alimentar dessa maneira, como muitos animais fazem, o fiel estaria chegando mais próximo de Deus. Leseego mostrou que é bom de persuasão e o evento foi um sucesso, com fiéis de todas as idades comendo a grama, assim como aconselhou o pastor.

O jornal britânico Daily Mail cobriu o fato e publicou a notícia que está correndo o mundo inteiro. O mais incrível de tudo isso é que os fiéis que foram para a missa e depois para o pátio fizeram tudo isso sem contestar o líder religioso, mostrando que ele é bastante influente.

Alguns deles até deram entrevistas para veículos locais, contando que com o poder de Deus, tudo eles podem fazer, e que comer grama é mais uma das provações para que fiquem mais próximos do Criador. Uma estudante de Direito que deu entrevista chegou até a dizer que a grama a curou de uma dor de garganta.

O pastor criou a sua igreja ainda em 2012, após garantir que ouviu a palavra de Deus. Por conta disso, os seus seguidores acreditam que ele sabe como é o paraíso e que as suas instruções são frutos da palavra do Senhor. Do outro lado, outros líderes religiosos criticam o exagero das ações de Leseego, afirmando que ele passa dos limites e ofende a religião como um todo com esse tipo de atitude. Mesmo assim, o pastor parece não ligar e continua com os seus momentos inusitados com os seus seguidores.

E você, o que acha de tudo isso?