Quatro homens tentaram realizar um assalto a um caixa eletrônico. O fato foi registrado no último dia 17 de janeiro, em Belém, capital do Pará.

Segundo informações, quatro homens chegaram à agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), por volta das 22h. Quando a quadrilha chegou, pretendia render um vigilante que estava no local para que ele não pudesse impedir a ação criminosa. Quando um dos assaltantes chegou perto, o vigilante percebeu que iria ser rendido e saiu correndo para rua.

Diante disso, os assaltantes continuaram com o plano de arrombar um caixa eletrônico de banco e levar todo o dinheiro. O vigilante que estava fugindo viu uma viatura da Polícia Civil nas proximidades.

Ele chamou os policiais e contou que havia quatro homens dentro da agência tentando roubar um caixa eletrônico. Em seguida, os policiais foram ao local para averiguar a situação.

Quando estavam chegando, perceberam que os assaltantes não conseguiram estourar o caixa eletrônico e entraram em um carro de cor prata que estava do lado de fora da agência que seria usado na fuga. Os policiais civis se aproximaram dos assaltantes e pediram para que se rendessem, mas o pedido foi negado, iniciando-se uma intensa troca de tiros.

No confronto, três membros do grupo de assaltantes acabaram sendo alvejados e morreram no local. O quarto ladrão foi baleado e levado para um hospital da região.

Segundo algumas informações da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), a quadrilha estava sendo investigada pela Polícia Civil.

Os melhores vídeos do dia

Os assaltantes são especializados em caixa eletrônico e estariam cometendo diversos roubos em Belém. Nenhum dos envolvidos na tentativa de assalto teve a identidade revelada.

"A gente tem um trabalho efetivo contra esse tipo de ação criminosa, que cresce cada vez mais no país. Nós estávamos investigando os criminosos que praticam essa modalidade", disse o Claudio Galeno, delegado.

Terror no bairro

Durante a troca de tiros entre policiais e assaltantes, alguns moradores disseram que ficaram apavorados com os barulhos de tiro. ''Eu estava me preparando para ir dormir, quando escutei uma troca de tiros muito próxima a minha residência. Parecia cena de guerra'', comentou um morador.

Atualmente, a cidade tem registrados numerosos crimes de roubos a caixa eletrônico. Algumas medidas foram tomadas para que essa ação possa ser frustrada. Existe um dispositivo no caixa eletrônico que, se houver alguma explosão, é expelida tinta que mancha as notas. Diante disso, fica difícil as circulação das cédulas.