Um bandido morreu durante uma tentativa de roubo. O fato aconteceu no último dia 23 de janeiro, entre as praia do Seixas e Cabo Branco, na orla de João Pessoa, capital da Paraíba.

Segundo a polícia, dois homens estavam andando na orla da praia de João Pessoa na tentativa de encontrar alguma vítima para realizar um assalto. Após alguns minutos, a dupla de criminosos visualizou um grupo de pessoas saindo de um bar. Diante disso, os acusados se aproximaram para anunciar o roubo, mas foram surpreendidos.

As vítimas reagiram e conseguiram dominar um dos assaltantes. O comparsa percebeu que a tentativa de assalto foi um fracasso e empreendeu fuga, deixando o parceiro para trás.

Já com o suspeito detido, o grupo de pessoas resolveu fazer justiça com as próprias mãos, pegando algumas pedras que estavam próximo ao bar e começaram a jogar no bandido.

O homem não resistiu aos ferimento e morreu no local antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os envolvidos que reagiram o assalto e espancaram o suspeito fugiram.

Algumas pessoas que viram o homem sendo agredido acionaram a Central da Polícia [VIDEO] Militar e relataram o que estava acontecendo. Após alguns minutos da ligação, a unidade informou para todas as viaturas policiais [VIDEO] da região o que estava acontecendo. Quando uma guarnição chegou ao local, os policiais viram que o assaltante estava bastante ensanguentado. Diante disso, uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas o homem morreu antes dos socorristas chegarem ao local.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) teve que comparecer ao local para levar o corpo do suspeito, que não teve a identidade revelada por motivos de privacidade. O laudo da causa da morte apontou que ele morreu após ter sido agredido com diversas pedradas. A Delegacia de Homicídios de João Pessoa está investigando o caso.

O delegado compareceu ao local do crime para colher alguns depoimentos e tentar conseguir algumas imagens de câmeras de segurança que podem ter registrado o momento que o jovem foi agredido. Até o fechamento desse artigo, nenhum dos envolvidos foi encontrado. O comparsa também está sendo procurado pela polícia [VIDEO].

Sobre esse caso, os familiares do acusado morto se pronunciou, dizendo que não tinham o conhecimento do jovem envolvido no mundo do crime. O delegado pediu a colaboração de todas as pessoas para informarem o paradeiro das pessoas que mataram o suspeito.