A passista Viviane de Assis tem 38 anos e é destaque de chão da Unidos do Viradouro, escola de Niterói. Entrou na vermelho e branco em 2008, através de um concurso para escolher a substituta de Juliana Paes no posto de rainha da bateria. Mesmo não chegando à final, foi convidada pela escola para sair de passista. Segundo ela, sofreu preconceito de algumas meninas da ala e desfilava “meio escondida” no meio das outras. Diziam que ela não tinha perfil de “passista-padrão”.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Carnaval

Ela aceitou e permaneceu na escola. Em pouco tempo, se destacou por seu samba no pé. Venceu o preconceito e se tornou ícone na Marques de Sapucaí. Hoje se diz satisfeita por receber da diretoria da agremiação o respeito e carinho que todo portador de nanismo deveria receber país a fora.

Com vinte anos de Carnaval [VIDEO] no Rio de Janeiro, Vivi de Assis desfilou com a fantasia “O Sonho de voar”. O enredo deste ano (2018) foi “Vira a Cabeça, Pira o Coração - Loucos Gênios da Criação”. Mesmo com seus 1,25 m de altura, a sua presença é gigantesca na avenida e certamente encheu os olhos dos espectadores que foram prestigiar a escola de Niterói no segundo dia de desfiles da Séria A. Ela desfilou na no sábado (10/2), na terceira agremiação a se apresentar.

Como ela mesma afirmou numa entrevista, sua fantasia é “linda, maravilhosa, toda decotada”. Ela saiu majestosa com um salto alto e asas douradas. Alçou voo com seu sorriso sempre presente. A fantasia, desta vez, foi feita sobre medida, a despeito dos últimos quatro anos anteriores. Segundo ela, as fantasias precisavam de ajustes que eram feitos por ela em casa mesmo.

Mãe de Paulo Rodrigo, de 16 anos, que é passista do Grêmio Recreativo Escola de Samba Estácio de Sá, não faz cerimônia com os fãs para tirar uma selfie. Muito simpática e atenciosa, qualidades de uma verdadeira diva, esboça felicidade desfilando na quadra.

Em seu facebook achamos declarações como: “-Muito simpática e samba muito ! Sou seu fã ! Passei na Ala Amor e Paz na Portela. Acenei para você e fostes muito simpática ! Obrigado por você existir bjo !”. Afirmou um internauta.

Palestrante engajada, Viviane de Assis, é membro da Associação de Nanismo do Estado do Rio de Janeiro (ANAERJ) que reúne próximo a seis mil associados com pouco mais da metade apenas na capital. A presidente da Anaerj Rio, principal entidade que representa os anões brasileiros, é a advogada Kenia Maria Rio que preside a cerca de 10 anos. A Associação fica na Rua Senador Dantas, 75 Sala 1615 no Rio De Janeiro - RJ, CEP: 20031-204.