No final de dezembro de 2013, há pouco mais de quatro anos, um dos maiores pilotos da Fórmula 1 [VIDEO], o alemão Michael Schumacher, sofreu um acidente que o deixaria incapacitado para toda a vida. Mesmo passado tanto tempo, os fãs hoje pouco sabem sobre como o ex-Ferrari está.

Michael, que foi sete vezes campeão da principal modalidade do automobilismo, quis o destino, acidentou-se quando estava de férias em Méribel, nos Alpes Franceses [VIDEO]. Ele esquiava quando caiu e bateu a cabeça. A imprensa, desde então, classifica o estado de Schumacher como vegetativo. A família dele, no entanto, nega a dizer a verdade.

Algumas fotos, do que seria o piloto acamado, vira e mexe, são divulgadas por sites e também nas redes sociais.

O material tem difícil veracidade, exatamente porque a família de Schumacher evita abrir o jogo sobre como ele realmente está, como mostra uma reportagem de dezembro passado, quando o acidente completou 4 anos.

O estado de saúde de Schumacher após acidente: um mistério que nem a mídia sabe solucionar

O último ano foi ainda mais cercado de mistérios e as especulações de tabloides na Europa, com isso, acabou aumentando. Nem mesmo a forma como é feito o tratamento do ex-colega de equipe de Felipe Massa é revelado. O piloto chegou a fazer uma visita a Schumacher após o acidente, mas se negou a dizer qualquer coisa. Novamente, o motivo seria um pedido da família.

Hoje o corredor está em sua casa, na Suíça. Ele tem 48 anos de idade e os parentes não permitem que jornalistas façam imagens do piloto ou mesmo deem informações sobre como ele estaria.

Os melhores vídeos do dia

Médicos e enfermeiros, que trabalham na casa do piloto, também teriam termos de confidencialidade, o que explica o fato do assunto nunca ter vazado na mídia.

Ex-agente de piloto pediu honestidade à família: 'É hora da verdade'

Os primeiros seis meses após o acidente foram de coma para Schumacher. Mesmo após três meses de ter acordado, ele ainda ficou internado em um hospital, para apenas depois ir para casa, onde teria mais conforto e, é claro, o apoio de sua família.

Um ex-agente do piloto, Willi Weber, deu pistas sobre como o piloto estaria e criticou a mulher de Schumacher, revelando que era a hora dela dizer a verdade, lembrando que o famoso é uma personalidade conhecida pelo mundo inteiro.

Enquanto alguns acreditam que o piloto vai sair dessa e vai voltar à uma vida normal, outros não tem nenhuma notícia boa sobre o tema. O ex-presidente da Ferrari e amigo de Schumacher Luca di Montezemolo, por exemplo, deu depoimento bastante pessimista sobre a situação em 2016. “Infelizmente, as notícias não são boas. A vida é mesmo muito estranha", disse ele.