É impossível falar de qualquer assunto relativo à Grécia e não ficar admirado [VIDEO] seja pela sua história milenar; beleza plástica singular, o que faz desse pequeno país o quintal dos deuses na terra; ou ainda pela sua rica mitologia e filhos ilustres que através dos tempos contribuíram para a formação da civilização no Ocidente.

O artigo em questão se debruça no gesto de amor à pátria helênica de poucas crianças na remota e pequena ilha grega de Agathonísi, que fica localizada no arquipélago do "Dodecaneso", paralela e muito próxima a faixa litorânea da não muito amigável para os gregos, Turquia.

Essas crianças marcharam durante uma cerimônia que marcou o aniversário de anexação da ilhota povoada a Grécia um pouco depois do final da 2ª Guerra Mundial, mais especificamente no ano de 1947.

Tanto a marcha quanto a cerimônia foram prestigiadas pela maior parte dos um pouco mais de 150 moradores da ilha, [VIDEO] inclusive contando com a participação do prefeito e da pequena guarnição de militares gregos que tomam conta dessa parte distante da Grécia, mas que jamais é esquecida pelo seu povo.

Também na ilha de Rodes, que é a maior das 15 ilhas principais e 93 ilhas menores que constituem o arquipélago do Dodecaneso, foi realizada uma parada escolar em alusão a ocasião.

A título de curiosidade a palavra Dodecaneso se deriva da palavra grega “dódeka”, que traduzida para o português significa “doze”, referindo-se a princípio ao conjunto das doze ilhas mais importantes ou maiores do arquipélago, muito embora conforme acima, há muito mais formações insulares.

Somente em 1947, após vários séculos de ocupação arbitrária por parte dos turcos, italianos e outros povos, sempre visando arrancar a identidade grega de uma vez por todas, é que os habitantes de Agathonísi puderam se juntar ao restante dos seus compatriotas gregos.

Marcha dos pequenos estudantes gregos em março pelas vielas de Agathonísi

Saiba um pouco mais sobre Agathonísi

A pequena ilha da Grécia está situada na localidade mais ao norte do Dodecaneso, sendo circundada por várias ilhas ainda menores do que ela própria.

Em Agathonísi estão assentadas duas pequenas aldeias, mas para o seu interior; sendo que, uma é chamada de “Megálo Chorió” (Aldeia Grande) e a outra Mikró Chorió (Aldeia Pequena).

Entre os dois povoados existe um terceiro que é chamado Ágios Geórgios (ou São Jorge em português), que é onde está único porto de Agathonísi e mais alguns poucos pequenos hotéis e também restaurantes voltados ao Turismo tímido na área.

O pico mais destacado da ilha grega atinge 209 metros sobre o nível do mar, se localizando próximo de Mikró Chorió. Toda a ilha só tem uma área de 13,5 quilômetros quadrados, cujo solo é formado por calcários estratificados subcristalinos e com vegetação de arbustos espinhosos.

No final dos anos 20, Agathonísi era habitada por 80 pessoas, que praticavam a agricultura e criavam ovelhas.

Já em 2011, o censo ordenado pelo governo da Grécia mostrou que a ilha tinha uma população de 185 indivíduos; onde 168 habitantes eram de Megálo Chorió e unicamente 17 cidadãos eram provinientes de Mikró Chorió.

Não se pode esquecer que Agathonísi, embora seja só uma ilha “insignificante” no meio da imensidão do Mar Mediterrâneo, ela faz parte da Grécia, um paraíso disfarçado de país. [VIDEO]