Muitas pessoas já ouviram falar sobre a lei da atração, mas falta o ponto-chave. Provavelmente já leram o famoso livro "O segredo de Rhonda Byrne" e viram seu documentário, mas ainda não conseguiram resultados positivos e significantes com a prática da lei da atração.

Antes de saber o que é a lei da atração é preciso saber e entender sobre a lei da vibração. A lei da vibração é a lei mais interessante e bonita que governa o universo. Baseada na seguinte frase: "Nada é estático, tudo vibra".

Tudo está em um movimento no universo, [VIDEO] vibrando e em uma frequência específica. Quando entendido isso, é possível visualizar que tudo que você precisa na sua vida necessita estar na mesma sintonia e frequência daquilo que deseja.

É como sintonizar uma TV ou um rádio. Quando sintonizado, só é possível assistir à programação daquele canal ou as músicas que passam naquela estação. Logo, seu nível de frequência só poderá atingir de acordo com o seu nível.

Muitos acham que o fato de ter a prática de pensar constantemente em algo é a fonte para a realização do desejo. A partir daí vem o insucesso nas práticas da lei da atração. Não basta pensar constantemente, é preciso pensar como se o desejo já tivesse sido realizado; sentir a alegria daquele momento, o entusiasmo , a felicidade da realização. Ter a certeza de que o que se deseja já é seu. Emocionar-se e agradecer pelo o que você recebeu. Quando essa emoção ocorre, o universo começa a se transformar e realinhar para que comece a acontecer as coisas.

O universo precisa saber o que você quer, mas é necessário desapegar-se da forma como vai acontecer.

Esse não é seu trabalho. Ter Fé é um dos motivadores para que não se desista, e isso é pouco falado, pois as pessoas costumam confundir com religião ou esperança. No processo de criação, é preciso ter. Chamamos de "fé decidida". Saber o que é seu, será seu. No momento certo em que sua vibração estiver alinhada com o universo, o desejo vai acontecer.

Não ter a emoção do que se deseja é um dos principais erros que é cometido ao colocar a lei da atração em prática. No entanto, existem diversos outros aspectos que podem estar influenciando, como: vibração, paradigmas, sentimentos negativos e desperdício de tempo com preocupações desnecessárias.

Foi comprovado cientificamente que 40% das pessoas se preocupam com problemas que nunca vão acontecer, 30% se preocupam com coisas passadas que não podem ser alterados, 12% com preocupações desnecessárias com a saúde, 10% com outras coisas supérfluas e 8% com coisas legítimas. Sendo que esses 8% existem dois tipos, como problemas que você pode resolver e a outra comporta os que estão além da sua capacidade.

É preciso entender que as pessoas bem-sucedidas também têm problemas. A única diferença é que sabem resolver seus problemas que estão entre aonde estão no presente e aonde querem chegar.