Muitas Mulheres falam sobre a liberação de ar pela vagina durante as relações íntimas. Ao sair da região íntima, esse ar emite sons, o que, sem dúvidas, pode ser muito vergonhoso para as mulheres durante as relações sexuais. Os ‘flatos vaginais’ são simplesmente o ar que é jogado para fora no canal vaginal no momento das intimidades a dois.

Ao contrário do que a maioria das pessoas imaginam, o ‘arzinho’ que sai da vulva é muito comum e pode acontecer com qualquer mulher na hora ‘H’, independentemente da idade. De acordo com algumas posições sexuais, esses sons podem ocorrer com mais frequência, independentemente se a mulher já teve filho ou não.

De acordo com alguns especialistas, as mulheres que possuem as paredes musculares da vulva mais frágeis ficam mais propícias a sofrer com os flatos vaginais. Os ginecologistas indicam que as mulheres tenham o hábito de praticar exercícios físicos. Dessa forma, os músculos da vulva ficam mais fortes e a probabilidade de a mulher ter flatos vaginais são mínimas.

Entenda o que são os flatos vaginais

Segundos os ginecologistas, durante a prática de relações íntimas, ocorre justamente uma desproporção dos órgãos da genitália. Quando o canal da região íntima da mulher é menor que o órgão íntimo do homem, é praticamente inevitável a circulação de ar na vulva. No momento que esse ar é jogado para fora, provoca a vibração dos lábios, fazem esse barulho

Outro grande causador dos flatos vaginais podem ser os períneos enfraquecidos.

Se esse problema começou a ser mais frequente e acontece em todas as relações sexuais, pode ser que o órgão intimo esteja muito frágil.

Segundo ginecologistas, esse problema pode ser simplesmente resolvido através de algumas sessões de fisioterapia vaginal. Nesse caso, é importante que você procure um ginecologista de sua confiança para realizar alguns diagnósticos. Só assim o especialista saberá a forma mais rápida de resolver seu problema.

Lubrificante íntimo

Esse produto é essencial durante as relações íntimas, justamente para acabar com os atritos do órgão íntimo masculino com a musculatura da vulva. Isso faz com que a mulher não tenha flatos vaginais durante as relações íntimas.

Velocidade

A velocidade da penetração durante as relações íntimas produz gases vaginais. De acordo com especialistas, o ideal é evitar os movimentos bruscos e rápidos, para que dessa forma os barulhos inconvenientes também sejam evitados.