Desde muito cedo, logo depois da primeira menstruação, de fato, é muito importante que todas as Mulheres tenham o hábito de marcar consultas regularmente com um ginecologista para que, dessa forma elas fiquem cientes sobre tudo que está acontecendo com o sistema reprodutor. Há muitas dúvidas do dia-a-dia que acabam sendo corriqueiras nas clínicas médicas, e podem ser facilmente resolvidas se você prestar atenção nas palavras do especialista. Confira logo abaixo alguns costumes que as mulheres têm que todos os ginecologistas ficam irritados quando elas fazem:

Não marcar consultas regularmente

Passar uma longa data sem realizar nenhuma consulta por motivo de medo ou vergonha, ou por não ter algum tempo livre e procurar ajuda só quando realmente está passando por algum problema, de fato, acaba prejudicando muito os especialistas, já que eles precisam de vários acompanhamentos para poder descobrir o que está acontecendo com o sistema reprodutor das mulheres.

Marcar consulta com um ginecologista somente depois da primeira vez

Esse é um grande erro que muitas mulheres acabam cometendo. É muito importante que as mulheres tenham o hábito de marcar consultas após terem mantido a primeira relação sexual. Os ginecologistas aconselham para que as mulheres comecem a marcar consultas desde a adolescência. Para que dessa forma eles possam esclarecer algumas dúvidas e te ajudar a se sentir mais a vontade durante as consultas.

Não falar sobre a intimidade

Para muitas mulheres, falar sobre a intimidade, relações íntimas e problemas no sistema reprodutor não é, de fato, uma coisa que elas gostam de conversar abertamente, elas se sentem constrangidas. Porém, esconder os sintomas não é algo certo de se fazer, pois isso pode prejudicar os especialistas, impedindo que eles consigam descobrir o motivo que está ocasionando o problema no sistema reprodutor.

Consumir produtos ‘incríveis’

Os ginecologistas [VIDEO] gostariam se as mulheres parassem de usar certos tipos de produtos ‘incríveis’ para deixar a vulva higienizada. Certos tipos de produtos íntimos possuem químicas que podem provocar sérios problemas na região da vulva, como irritações e a facilidade de impregnação de fungos e bactérias.

Depilação

Muitas mulheres acham que os ginecologistas se sentem incomodados quando elas vão fazer consulta com pelos na região íntima, mas isso não se passa de uma grande mentira. Os ginecologistas contam que os pelos pubianos são essenciais para manter a vulva protegida.