Um grupo de quatro homens, liderados pelo youtuber Gerson Albuquerque, foi detido na tarde desta terça (17) após uma tentativa de invasão a um centro de triagem de detentos. Os rapazes utilizavam fantasias dos personagens da série ''La Casa De Papel'', da produtora e provedora de filmes e séries Netflix.

Além das roupas dos personagens [VIDEO], compostas por macacões vermelhos e máscaras do pintor catalão Salvador Dalí, o grupo portava armas de brinquedo, e acabou chamando a atenção dos agentes penitenciários do Cotel - Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna - localizado no município de Abreu e Lima, região metropolitana de Recife (PE).

A ''invasão'', na verdade, fazia parte de um vídeo de ''pegadinha'' que Gerson Albuquerque pretendia gravar para seu canal no YouTube. Para os agentes penitenciários que acionaram a Polícia Militar, porém, a brincadeira foi interpretada como uma tentativa de resgate de detentos.

Um dos carcereiros chegou a registrar e publicar fotos e vídeos do momento em que o grupo é detido, veja:

Gerson Albuquerque conta com mais de dois milhões de seguidores em seu canal no Youtube. Entre seus vídeos mais assistidos e comentados estão alguns em que ele aborda e assedia homens e mulheres nas ruas, utiliza espuma de um extintor de incêndio em passantes e reproduz o famoso áudio do ''gemidão do Whatsapp'' em lugares públicos.

Antes de serem detidos, Gerson e os outros três rapazes, que não tiveram seus nomes revelados, postaram alguns Stories no Instagram. Assim como na série da Netflix, Gerson e seus colegas utilizavam codinomes - que na versão brasileira eram Paraíba, Belém, e Minas Gerais.

Em um dos vídeos, Gerson explica que irá fazer uma ''pegadinha''; em outro, o grupo canta a música tema do seriado [VIDEO], ''Bella Ciao''.

Um agente de segurança do Cotel explica que, apenas o fato de eles entrarem no local utilizando máscaras já justifica a abordagem dos agentes penitenciários e da Polícia Militar. Esta não é a primeira vez que o Cotel vira cenário de um dos vídeos do Youtuber. Em 2017, Gerson gravou um vídeo no qual perguntava aos funcionários do local se haveria uma vaga para ele no presídio.

Para a Secretaria de Justiça de Pernambuco, a atitude de Gerson foi de ''uma irresponsabilidade inimaginável''. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, afirma que esta foi uma ação muito arriscada, que ele espera que não aconteça de novo.

Eurico alerta a população para as consequências de tal ato que, segundo ele, poderia ter um final trágico senão fosse a experiência dos agentes penitenciários do Cotel.

Ele lembra que, há pouco tempo atrás, 21 pessoas vieram a óbito durante uma tentativa de resgate em um presídio no Pará e que o grupo de Gerson poderia ter sido facilmente confundido com estes mesmos criminosos.