Devido à grande evolução pela qual o design de produtos está passando e também pela cada vez mais exigente opinião dos clientes, empresas vem investindo para inovar e melhorar quando o assunto é embalagem. Seguindo a criação e inovação frenética advinda da internet, empresas tem produzido diversas embalagens que facilitam nosso dia-a-dia e cooperam para a preservação do meio ambiente. Embalagens térmicas, aberturas fáceis sem a necessidade de facas - caixas de leite e sucos diversos -, embalagens biodegradáveis e outros tantos exemplos evidenciam a evolução que estamos passando neste segmento. Além de facilitar a vida do cliente e transmitir uma mensagem positiva quanto ao meio ambiente, embalagens acirram a concorrência e elevam a qualidade na hora de decidir qual produto comprar, característica que há anos atrás era exclusiva do sector de marketing das corporações.

Entretanto, como tudo na vida, há um limite. Existem produtos que, independente da evolução deste setor, não servem ou não foram criados para serem envoltos com a tecnologia e criatividade de um design. Outros que não necessitam de uma grande quantidade de material, quando comparado com o tamanho do produto. Os nichos de tecnologia e alimentação - este último muito por conta da higiene - são sempre motivos de inovações, como a última década nos tem revelado. E nestas inovações e concorrência de ser o primeiro em determinado produto, que ocorrem os exageros. Separamos nove exemplos de embalagens completamente desnecessárias ou exageradas que acabaram viralizando na rede.

1- Esse o designer não teve culpa. A empresa criou o produto, ele embalou. Agora, é mesmo necessário vender maças descascadas e cortadas individualmente?

2- Não é por isso que descascamos a cenoura antes de comer?

3- De quem foi a "brilhante" ideia de colocar uma lata de refrigerante em uma embalagem de plástico? O meio ambiente chora!

4- Sabe aquele papo de "só vou tomar uma caixinha com os amigos(a)"? Boa sorte com essa caixa.

5- Todo esse esquema de segurança para enviar um cartão de memória.

6- Esse designer faltou na aula de "os melhores produtos vem nas menores embalagens".

7- O mais despercebido pode acreditar que está levando um facão de churrasco, quando perceber mal vai conseguir cortar o limão para temperar o mesmo.

8- É isso que acontece quando um designer sonha em ser jogador de tênis e acaba indo trabalhar no escritório de um hortifrúti.

9- Higiene é bom e necessário, como anteriormente foi citado referente à alimentos. Mas alguém passou dos limites aqui.