Hoje em dia, as crianças estão crescendo em meio à tecnologia, uma imensidão de brinquedos e acesso rápido a tudo isso. É possível ver crianças de 2 anos de posse de um tablet para assistir os desenhos favoritos ou para jogar.

Os pais, por sua vez, permitem tudo isso para se livrarem do compromisso de ter que brincar e dar uma atenção maior aos pequenos. Além disso, os desenhos animados “Galinha Pintadinha” e “Peppa Pig”, entre outros, incentivam desde já o consumismo, isto é, estimulam as crianças a pedirem aos pais os brinquedos e jogos de última geração que acabaram de ser lançados.

Diante de toda essa globalização, as crianças crescem cada vez mais dependentes, mimadas e consumistas.

No entanto, ainda dá tempo de os pais dizerem não aos filhos [VIDEO] e reverterem este quadro caótico que ensina crianças a serem adultos problemáticos. Dicas para não mimar os filhos:

Crie Regras

Estabeleça normas disciplinares e deixa bem claro para a criança que, caso ela não obedeça, sofrerá uma punição ou deixará de obter algo.

Não se desculpe

Se está nas regras, aplique a disciplina e não peça desculpas.

Negocie

Não dê presentes sem a criança merecer. Aplique as normas para que ela cumpra e venha merecer o presente.

Seja firme

Nunca deixe de colocar a disciplina em prática. Não deixe passar algumas vezes por pena ou por achar que o que o seu filho fez foi algo banal, pois ela deve entender o significado de não.

Não se abale

Alguns pais ficam abalados por não poderem satisfazer as vontades dos filhos ou por puderem dar, mas precisam estabelecer a regra para que eles sejam dignos de conquistar.

Os pais, geralmente nestas circunstâncias, perdem a calma. Porém, é necessário ter controle emocional e ser paciente.

Ensine a autonomia

Eduque o filho com os princípios básicos dos afazeres domésticos: arrumar o quarto, lavar a louça, preparar seu lanche, lavar pequenas peças de roupa. O papel dos pais é mostrar os filhos o mundo e ensiná-los a serem independentes e saberem cuidarem de si.

Seja presente e participativo

Convide o filho a participar de uma atividade que faz em casa ou fora, seja ver um jogo na TV, fazer um bolo, ir ao cinema, clube etc. Também participe do mundo dele. Tire um tempo para brincar com o filho. É importante sempre ensinar algo a ele também nestes momentos de lazer e entretenimento.

Dê responsabilidades

Faça um quadro de serviços e coloque a atividade dele diária.

Respeite

Fale com um tom normal e com assertividade. Olhe nos olhos dele, os ouça e determine o mesmo. Instrua o filho a respeitar todas as pessoas, independente de idade, raça, sexo, condição de vida ou religião.

Reconheça seu trabalho

Motive o filho a ter visão de futuro, a ser pró-ativo e a fazer mais para ganhar mais. [VIDEO] Eduque a criança a poupar e a economizar, para saber desde já lidar com dinheiro e lutar para conquista-lo de forma honesta futuramente.

Um bom exemplo para ensinar as crianças a terem consciência e não ficarem mimadas é estabelecer o programa de pontos:

- Pontos para bom Comportamento em casa e na escola

- por boas notas

- por cumprir as regras

- por fazerem as tarefas diárias

No final do ciclo, reverta os pontos em dinheiro ou em um presente. Assim, terá um filho disciplinado, consciente e pronto para a vida.