A apicultora norte-americana Emily Mueller estava nas últimas semanas da gestação do quarto filho, Emersyn Jacob, quando percebeu que algo estava errado. Emily ficou conhecida por conta de um ensaio fotográfico que serviria apenas para que ela relembrasse de sua gestação de uma maneira diferente. A gestante que fez o ensaio já nos últimos dias da gravidez tem 33 anos e é moradora de Ohio, Estados Unidos.

Na época que Emily tirou as fotos com mais de 20 mil abelhas, as imagens compartilhadas em redes sociais, logo estavam por toda a rede e a gestante virou uma sub-celebridade instantânea. Entretanto, ela acabou tendo uma triste notícia após o parto.

Por que Emily tirou fotos com abelhas?

Muito criticada por alguns, que julgavam serem de alto risco as fotos tiradas por ela, mas também apoiada por muitos, Emily explicou, na época, (final de 2017), quais foram os motivos que levaram-lhe a fazer o ensaio e com o inseto tão importante para a natureza, mas que pode ser fatal para o homem.

Ela disse que gostaria de fazer algo bem diferente para marcar sua gestação e diz ter escolhido as abelhas, porque seu marido domina os 'bichos'. O marido da ex-grávida trabalha com retirada de caixas de abelhas e marimbondos de residências e locais públicos de grande circulação, onde eles moram, nos EUA. Por conta disto, ela julgava que o ensaio não lhe traria nenhum tipo de problema, já que o maridão, as domina.

Pois bem, realmente ela não teve nenhum tipo de picada ou lesão aparente por conta dos insetos.

Os melhores vídeos do dia

Aliás, as fotos ficaram muito bonitas, tanto é que chamaram muito a atenção dos internautas. Emily prometeu, daquele momento em diante, manter seus seguires sempre informados sobre a vida de seu bebê e seu desenvolvimento. Entretanto, logo após o parto, a notícia não foi a pior possível.

Bebê de Emily nasce morto

O público de Emilly e Jacob estranhou o fato da mulher não postar nada sobre o bebê e cobraram a promessa feita antes do parto. Foi neste momento que a mãe revelou a triste notícia. Emersyn Jacob era um natimorto, ou seja, o bebê nasceu já sem vida.

A mãe já notava algo estranho, pois o bebê parou de se movimentar em seu útero e logo, procurou os médicos para entender o que estava acontecendo. Aos fazer a ultrassonografia a média a enviou diretamente do exame para a mesa de cirurgia e foi para o parto. Infelizmente não houve tempo de salvar o bebê.

Nunca foi divulgado se há relação entre o ensaio com abelhas e a morte do bebê.

Emily abriu um negócio de 'mel'

A coluna fez uma busca para saber como estava a vida de Mueller e descobriu.

Após a perda do bebê, ela migrou para o negócio de produtos agrícolas e pasme, com abelhas. Ela inclusive dá seminários para mostrar a importância das 'abelhas do mel'.

Tradução da publicação: Venha se juntar a nós, no Dayton Nursery, neste sábado, às 11h, para aprender sobre a importância das abelhas! A apresentação durará cerca de sessenta minutos, e lhe dará também a oportunidade de adquirir nossos produtos. O custo é de US$ 8 (cerca de R$ 30) por pessoa.

Mais notícias curiosas

Lara, filha de Faustão, surge no Instagram e surpreende por sua beleza; veja [VIDEO] [VIDEO]

Amante engravida de milionário, mas aprende uma lição que jamais será esquecida [VIDEO]