Ardi Rizal é o nome do menino da Indonésia que, há alguns anos, acabou chocando o mundo, se tornando muito famoso, por ser um autêntico viciado no cigarro com apenas dois anos de idade, sendo naquela altura eleito o consumidor mais novo de sempre. Contudo, tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, nesse momento, que a criança já tem dez anos de idade, a verdade é que Ardi, também com a ajuda da sua família, já conseguiu largar o vício dos cigarros, cerca de quarenta por dia, há cerca de cinco anos, algo que, como é natural, acabou beneficiando muito a saúde da criança, que está ainda em um processo de crescimento.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Famosos

Porém, e se inicialmente se previa que o grande problema dessa criança seria seu vício pelo consumo de cigarro, a verdade é que, pouco tempo depois de ter deixado de fumar com cinco anos de idade, Ardi rapidamente “mergulhou” em um outro vício muito preocupante, o da comida.

Como garante o site “Notícias ao Minuto”, com apenas cinco anos de idade, o menino já pesava vinte e quatro quilos, fazendo com que todos os seus familiares finalmente ligassem todos os alertas e decidissem que era urgente fazer algo pela saúde da criança.

Recebeu apoio

A verdade é que, e depois de muito apoio psicológico por vários profissionais, a família dessa criança viciada recebeu um apoio muito grande por parte de todo o país, que via em Ardi uma criança que, caso conseguisse ultrapassar todos esses vícios, poderia dar um excelente exemplo para todos os jovens da Indonésia. Felizmente, e depois de muita luta e persistência, fato é que agora, com dez anos de idade, Ardi parece mais saudável do que nunca, tendo finalmente largado todos esses seus vícios e emagrecendo muito para alegria de todo o mundo que o acompanhou desde que as suas muitas fotos fumando com dois anos de idade se tornaram virais um pouco por todo o mundo. [VIDEO]

Nas redes sociais, muitos internautas garantem estar aliviados e felizes por perceberem que finalmente os pais conseguiram controlar os comportamentos de risco do seu filho, torcendo e rezando muito para que agora o jovem possa se concentrar em coisas que façam muito bem, como, por exemplo, fazer esporte e fazer amigos na escola, como acontece com qualquer criança da sua idade minimamente saudável.

Resta agora aguardar para perceber, um pouco mais tarde, se todos esses vícios não vão prejudicar a saúde a longo prazo do jovem, visto que o consumo de cigarro em uma idade tão jovem é altamente prejudicial.