Livro é uma fonte de conhecimento magnífica. A forma como o texto nos evolve e conquista, trazendo informações, abrindo o leque de possibilidades para navegar por histórias desconhecidas é impressionante. Mas por onde começar?

Os Livros que serão citados abaixo são de autores como Augusto Cury, que além de escritor é psiquiatra e psicoterapeuta, com publicações em mais de 50 países. Outros como Eli Pariser, um ativista que notou a personalização das publicações exibidas em seu Facebook e essa percepção acabou lhe rendendo entrevistas para revistas conceituadas.

1 - O Filtro Invisível, de Eli Pariser

Essa fantástica obra permite ao leitor abrir os horizontes quanto a fatos que passam despercebidos no cotidiano da vida online nos trazendo o que há por trás da perfeição da internet.

O melhor desse livro é que ele traz respostas para perguntas que estão além da visão limitada dos usuários, tornando-os mais conscientes sobre o Mundo que está inserido.

2 - O Semeador de Ideias, de Augusto Cury.

Essa obra tem muitas histórias interessantes, que se entrelaçam de uma maneira que faz com que o leitor fique preso à leitura [VIDEO] do começo ao fim. Um dos motivos é o quebra-cabeça de histórias que a princípio parecem paralelas, mas com o desenrolar da trama se encaixam perfeitamente. O personagem principal é o mais intrigante de todos, pois ninguém sabe de onde ele veio, qual o seu passado e o porquê de sair pelas ruas com discursos de sabedoria, intrigando a mídia, a população e os grandes empresários. Esse livro mostra que não se pode voltar no tempo e consertar as coisas, mas nunca é tarde para traçar um novo fim.

3 - O Colecionador de Lágrimas, de Augusto Cury

O autor traz nessa obra a realidade de um professor de História que não aceita seus alunos como simples receptores de informação. Ele quer que seus alunos sejam pessoas ativas em sala de aula e para isso mostra-lhes o universo da história. Prova-lhes que os livros que estão registrados os fatos ocorridos no passado devem à realidade, pois não passam a dor e o sofrimento vivido pelos seres humanos que sofreram com o holocausto da guerra. O estudo da postura de Hitler faz com que o leitor note que fatos mudam os pensamentos de uma pessoa e consequentemente muda-se a mesma.

4 - A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak

A história da guerra contada pela morte, que observa a vida de uma garota e conta-nos como é o desenrolar da vida da mesma. Uma menina que se separa da mãe, perde o irmão para a morte, ganha uma nova família e aprende a ler, tem muito a contar sobre a realidade vivida sob a dominação de Hitler.

5 - A História das Coisas, de Annie Leonard

A ambientalista traz o resultado de anos de pesquisa sobre o sistema de produção no que resultou no livro que se trata de um informativo sobre todas as etapas que um produto passa, desde a sua obra prima até o descarte.

Com uma linguagem simples ele abre espaço para questionamentos relevantes tanto para o meio ambiente, como para a sociedade que utiliza os recursos da natureza e não tem consciência das consequências que o ciclo de consumo desenfreado pode trazer.